AdsTerra

banner

sexta-feira, 22 de março de 2024

Museu do Louvre deve receber a pira olímpica durante os Jogos de Paris-2024

 De acordo com o jornal francês L’Equipe, um dos pontos turísticos mais famosos da capital terá participação na Olimpíada



Um dos pontos turísticos mais famosos do mundo deve integrar a programação dos Jogos Olímpicos de Paris-2024, que começam no dia 26 de julho. De acordo com informações publicadas pelo jornal francês L’Equipe, o mistério sobre a localização da pira olímpica, um dos grandes símbolos do evento, está prestes a ser oficializado pelos organizadores. Segundo a reportagem, durante a competição, a chama deve ficar abrigada em frente ao Museu do Louvre, nos Jardins das Tulerias, considerado o mais antigo jardim da capital francesa. Entre outro pontos da cidade que estavam sendo especulados, estava a Torre Eiffel.

Além da chama olímpica, o local também vai servir como uma espécie de praça urbana, recebendo provas de quatro modalidades esportivas: skate, basquete 3x3, BMX livre e break). O Louvre também será sede do jantar oficial dos Jogos Olímpicos de Paris, oferecido pelo presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, em uma recepção marcada para o dia 25 de julho, sob a famosa pirâmide do museu. Pelo menos uma centena de chefes de Estado é esperada nesse dia para o evento.

A localização dos Jardis das Tulerias teria como grande diferencial a localização, próximo a vários pontos turísticos famosos de Paris, como a avenida Champs-Élysées, o Arco do Triunfo e, não muito distante, a Catedral de Notre Dame. Os responsáveis pelo Louvre já confirmaram que o museu estará aberto ao público normalmente durante os dias de competição, à exceção dos dias 25 e 26 de julho. A prefeitura de Paris já adiantou que um esquema especial de segurança será realizado na cidade tanto durante os Jogos Olímpicos, como também nos Jogos Paralímpicos, que acontecem em agosto.

A abertura da Olimpíada, que tradicionalmente acontece em um estádio, desta vez está prevista para ser realizada com um desfile de barcos ao longo do Rio Sena. Segundo autoridades francesas, o espetáculo poderá ser acompanhado ao vivo, de graça, por 300 mil pessoas – a previsão inicial chegou a ser de 600 mil. É esperado um forte aparato de segurança para o evento.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário