AdsTerra

banner

segunda-feira, 11 de março de 2024

Imposto de Renda: Instituição oferece auxílio gratuito à comunidade no preenchimento e envio da declaração

 Entre o público a ser atendido estão mulheres empreendedoras em fase de desenvolvimento de suas carreiras profissionais e MEIs

Ação auxilia o contribuinte a se preparar para prestar contas para o leão 

Com o período de entrega da Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (DIRPF) se aproximando, a faculdade Estácio vai auxiliar a comunidade na realização do preenchimento e envio desse procedimento fiscal. Em parceria com o Núcleo Mulheres Empoderadoras e Empoderadas RS (MEERS) da Estácio, a instituição estará disponível para prestar suporte gratuito, priorizando mulheres empreendedoras em fase de desenvolvimento de suas carreiras profissionais.

De acordo com as informações divulgadas pela Receita Federal, o prazo para entrega da DIRPF este ano ocorre entre os dias 15 de março e 31 de maio, período em que será prestado o serviço. É fundamental que os contribuintes cumpram esse prazo estabelecido, uma vez que o não envio dentro do prazo pode acarretar multas.

Segundo o coordenador da gestão da Estácio RS, Jean Seidler, o atendimento será realizado de forma presencial no Polo Centro da Faculdade Estácio, mediante agendamento pelo e-mail: jean.seidler@estácio.br.

Para tornar o processo de declaração mais eficiente, os contribuintes devem levar toda a documentação necessária.

Confira:
- Documento de Identificação: RG, CPF próprio e de seus dependentes, e, se aplicável, o número do título de eleitor
- Comprovante de rendimentos: informe de rendimentos fornecido por todas as fontes pagadoras
- Comprovantes de pagamentos e despesas dedutíveis: documentos que atestem despesas como gastos com saúde, educação, previdência privada e pensão alimentícia
- Comprovantes de aluguel: os pagamentos e recebimentos de aluguéis devem ser registrados na declaração. O documento pode ser emitido pela imobiliária responsável ou pelos recibos dos depósitos bancários
- Informações sobre bens e direitos: documentos que confirmem a posse de bens, como imóveis, veículos, investimentos, entre outros. Isso inclui escrituras, contratos de compra e venda, extratos bancários e informes de rendimentos de investimentos
- Informações sobre dependentes: caso haja dependentes, é imprescindível reunir os documentos de identificação deles, além de informações sobre rendimentos e despesas como educação e saúde
- Declarações anteriores: é importante ter em mãos as declarações de imposto de renda dos anos anteriores, especialmente se houver dados a serem transferidos para a declaração atual

Para o coordenador, a importância de procurar um atendimento capacitado para realizar a declaração do Imposto de Renda reside na complexidade do processo e na necessidade de garantir sua correta execução. Contadores são profissionais altamente capacitados e especializados para lidar com todas as questões envolvidas na declaração, trazendo mais segurança e tranquilidade aos contribuintes. “Um dos principais motivos que poderíamos destacar é a restituição de valores. As empresas retêm de seus funcionários um determinado valor, a título de pagamento do Imposto de Renda. Para esses contribuintes, o objetivo principal da Declaração do Imposto de Renda é mostrar à Receita Federal que seus ganhos — deduzidas as despesas — foram inferiores ao valor mínimo exigido para pagamento do tributo. Sendo assim, eles recebem do órgão o devido montante que foi pago ao longo do ano”, explica Seidler.

Além de oferecer suporte na declaração do imposto de renda pessoa física, a Estácio estará disponível para atender também os Microempreendedores Individuais (MEI) em caso de dúvidas e auxílios fiscais.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário