AdsTerra

banner

segunda-feira, 4 de março de 2024

Encontro atrai famílias e apaixonados por carros antigos no Gasômetro

 Evento reúne mais de 140 veículos de diferentes anos, modelos e estilos neste domingo em Porto Alegre

Carros variados, de diferentes anos e modelos estiveram presentes no Gasômetro 

A Usina do Gasômetro recebe um grande número de pessoas na tarde deste domingo, para um encontro de carros de eventos. A ação, organizada pelo grupo Ipanema Solidário, tem como objetivo reunir veículos de diferentes anos, modelos e estilos, sem delimitação ou distinção, para fazer um evento voltado às famílias.

O grupo organizador foi criado durante a pandemia, com intuito de realizar ações solidárias de arrecadação de alimentos, doados para famílias em situação de vulnerabilidade social. Desde então, a ação cresceu e, durante todos os domingos de cada mês, cada semana em um diferente local, se encontra para levar diversão aos apaixonados por carros e proporcionar momentos de lazer para todos, desde os mais jovens até os mais experientes.

São mais de 350 pessoas envolvidas na organização do evento que, somente neste domingo, reuniu 143 carros. Entre os modelos presentes estão carros antigos que chegam aos R$ 350 mil. Responsável pelo grupo, Rogério Hübbe, 60 anos, explica que o encontro não se restringe aos antigos e, por isso, utiliza o termo “carros de eventos”, aberto a quem quiser participar e com atrações para todos os públicos. “Não podemos ter discriminação com ninguém. Com os carros, não é diferente. Quem quiser participar, pode vir. Nosso encontro tem feirinha, música, doce de Pelotas, recreação pet e recreação infantil”, destaca.

Entre os participantes da exposição, está o autônomo Adriano Stallbaum, de 44 anos. Apaixonado pelos filmes do Herbie, há sete anos ele foi até o Paraná comprar seu fusca 1966, modelo 1967. “É uma história que começou na infância. Eu sempre quis ter, admirava quando via nos encontros e tive a oportunidade de comprar”, conta.

Com o passar dos anos, Stallbaum aperfeiçoou e personalizou o carro, até deixá-lo idêntico ao original, dos cinemas. Com cada detalhe pensado minuciosamente, até mesmo com adesivos colocados na exata posição do Herbie, o fusca já apareceu em revistas publicadas nos Estados Unidos. “Tenho até o capacete. Ele é o meu xodó, minha terapia. Por onde passa, chama a atenção de todos”, afirma.

Além do Herbie, diversos outros fuscas, de diferentes anos, estiveram presentes na exposição. Também participaram modelos de época, carros esportivos, fora de estrada e vans.

Exposição de Carros de Eventos e Antigos.
Adriano Stallbaum, proprietário do Fusca 1966 , Herbie Exposição de Carros de Eventos e Antigos. Adriano Stallbaum, proprietário do Fusca 1966 , Herbie | Foto: Ricardo Giusti

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário