AdsTerra

banner

segunda-feira, 18 de março de 2024

Com tainha assada na taquara, 244ª Feira do Peixe de Porto Alegre é lançada na Ilha da Pintada

 Mais de 40 bancas serão montadas no Largo Glênio Peres para comercializar peixes durante a Semana Santa, um dos principais períodos de venda para os pescadores

Melo afirmou que a Feira do Peixe possui uma contribuição muito grande nos mais de 250 anos de história da cidade 

Chegando em sua edição de número 244, a tradicional Feira do Peixe de Porto Alegre foi lançada oficialmente na manhã deste domingo, em festa realizada na Colônia Z-5, na Ilha da Pintada. Entre os dias 25 e 29 de março, a população poderá comprar peixe de boa qualidade diretamente com os pescadores, em 44 bancas montadas no Largo Glênio Peres, em frente o Mercado Público, e contará também com a participação da Associação dos Pescadores e Piscicultores do Extremo-Sul (Appesul).

Na festa de lançamento, os pescadores fizeram mais de 200 tainhas assadas na taquara, uma das tradições do evento. O prefeito Sebastião Melo afirmou que a Feira do Peixe possui uma contribuição muito grande nos mais de 250 anos de história da cidade. Ele também destacou a necessidade de incentivar o consumo de peixes, não apenas na Semana Santa.

“São cinco ilhas que se sofreram muito com as chuvas em Porto Alegre. Mas nós também agimos para devolver dignidade a essa comunidade. Determinei, e está em fase adiantada, que fosse colocado um gerador aqui na estação de tratamento de água das ilhas. Além disso, não tem como falar em Porto Alegre sem falar na Feira do Peixe. Em 2024, a prefeitura está bancando o evento e vai ser uma feira muito bonita, com produtos bons em preço e qualidade”, contou.

O presidente da Colônia de Pescadores Z-5, Gilmar da Silva Coelho, apontou para a necessidade de dar maior visibilidade para a feira e para a qualidade dos produtos ofertados pelos pescadores. “Na Semana Santa é quando os pescadores conseguem ter um valor agregado melhor nos seus pescados. Na feira, muitos deles já tem seu público cativo, que confia na qualidade do produto. A feira vende bem e cada ano tem mudado o perfil de quem compra, o que é importante para eles, ainda mais depois das enchentes que foram terríveis para todos. Muitos pescadores tiveram suas casas atingidas. E essa venda vai ser importante para eles retomarem a vida deles”, afirmou.

A feira é organizada pela Secretaria Municipal de Governança Local e Coordenação Política. Conforme o titular da pasta, Cássio Trogildo, a expectativa é superar o sucesso de vendas de 2023, quando foram comercializadas 400 toneladas de peixes, além do registro de 400 mil pessoas que circularam pelo local durante os dias da feira. E para isso, a organização decidiu antecipar o início das vendas no espaço.

“Em 2024, nós vamos começar já na segunda-feira, dia 25. Ou seja, teremos mais oportunidades para quem quiser comprar o seu pescado. Serão 80 famílias em 40 bancas de venda de peixe, mais quatro de alimentação. É um momento de grande comercialização para os pescadores, pois é o momento de maior consumo de pescado no ano”, citou.

Lançamento da 244ª Feira do Peixe de Porto Alegre. Desfile da Crianças das Ilhas
Ricardo Giusti

O presidente da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, Mauro Pinheiro, explicou ainda que a reformulação de uma lei sobre o uso do largo permitiu que a Feira do Peixe tivesse uma maior importância para a cidade. “As pessoas já estão acostumadas a buscar o seu peixe na feira durante a Semana Santa. Porto Alegre é uma capital que ainda mantém viva essa tradição. E nós temos vários pescadores que dependem deste sustento e essa é uma oportunidade deles, literalmente, venderem o seu peixe mesmo”, falou.

O vereador Alvoni Medina também afirmou a importância de deste evento para a comunidade, em especial para quem trabalha com a pesca. “São milhares de pessoas beneficiadas, tanto da ilha como de Porto Alegre. Você vê que é muito fundamental para os pescadores, pois eles podem mostrar o seu trabalho e ainda faz com que a nossa cultura seja preservada”, finalizou. Além da tradicional tainha na taquara, o lançamento oficial da Feira do Peixe teve homenagem aos pescadores, concurso de pesca infantil, feira de artesanato, desfiles e atrações musicais.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário