AdsTerra

banner

segunda-feira, 11 de março de 2024

China financia rede global de mais de 100 sites para propagar o comunismo

 


Uma rede de mais de 123 sites, operada a partir da China, se passa por veículos de notícias locais em 30 países para promover o comunismo e atacar opositores do presidente chinês, Xi Jinping. A descoberta foi feita em fevereiro por um estudo do centro de pesquisa da Universidade de Toronto, no Canadá, conforme reportagem da Gazeta do Povo.

Países da Europa, da Ásia e da América Latina, incluindo o Brasil, fazem parte da rede.

Os pesquisadores descobriram que nenhum dos mais de cem sites que compõem a rede era de fato independente, embora se apresentem assim. Todos eram controlados por uma empresa de relações públicas sediada em Shenzhen, na China, conhecida como Shenzhen Haimaiyunxiang Media Co., Ltd., ou somente Haimai.

Fundada em 2019, a Haimai é especialista em oferecer serviços de disseminação de conteúdo promocional em vários idiomas, incluindo o português.

A universidade nomeou a rede de “ Paperwall: sites chineses que se passam por mídia local e visam públicos globais com conteúdo pró-Pequim”.


Saiba mais: https://revistaoeste.com/mundo/china-financia-rede-global-de-mais-de-100-sites-para-propagar-o-comunismo/#:~:text=Os%20pesquisadores%20descobriram%20que%20nenhum,Ltd.%2C%20ou%20somente%20Haimai.

Fonte: https://www.instagram.com/p/C4REiIOPThR/?igsh=Z2l4NDE2MGUzaW15

Nenhum comentário:

Postar um comentário