segunda-feira, 2 de janeiro de 2023

"Chegou a hora da evolução", diz Ranolfo ao passar cargo a Eduardo Leite

 Ex-governador ressaltou nova gestão de Eduardo Leite como um terceiro ciclo de um projeto de governo

Felipe Nabinger

Ranolfo Vieira Júnior transmitiu cargo de governador a Eduardo Leite. 

O ex-governador Ranolfo Vieira Junior (PSDB) quebrou uma tradição de deixar o Palácio Piratini após transmitir o cargo para o sucessor, acompanhado até a porta por quem  assume o Executivo, que era praxe a cada 1º de janeiro após uma eleição. Isso porque o projeto que representa segue no poder com a reeleição de Eduardo Leite (PSDB), fato inédito no período democrático, fazendo com que o agora ex-governador seguisse no palácio já encerrada a cerimônia deste domingo.

Em um discurso que durou cerca de 20 minutos no Salão Negrinho do Pastoreio, Ranolfo, que seguirá de certa forma na gestão, passando a ocupar uma das duas cadeiras que pertencem ao RS na diretoria do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), o ex-delegado de polícia fez questão de enfatizar essa ideia de continuidade.

"Chegou a hora da evolução da evolução. Os gaúchos querem estabilidade e inovação", afirmou o ex-governador, destacando que a gestão da qual fez parte não fez ruptura ao governo anterior, de José Ivo Sartori (MDB), sendo o novo mandato de Leite um terceiro ciclo de um mesmo programa governamental. 

Logo no início de sua fala, já após passar o cargo, ele lembrando das dificuldades causadas pela pandemia. "Aprendemos juntos que as demandas têm que ser respondidas venha o vento de onde vier. Aprendemos que o RS deve falar mais alto", disse Ranolfo, defendendo as medidas sanitárias tomadas pelo Executivo.  

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário