sexta-feira, 24 de junho de 2022

Há 42 anos, em 23 de junho de 1980, o Pink Floyd lançava "Comfortably Numb", terceiro e último single do álbum The Wall (1979)

 Inicialmente nomeada "The Doctor", a faixa acompanha a narrativa do álbum conceitual, na qual o personagem Pink é medicado por um doutor após uma overdose para que ele possa se apresentar em um show. Apesar do conceito complementado pelas outras faixas de The Wall, "Comfortably Numb" destaca-se por também funcionar independentemente, podendo ser interpretada como uma obra fechada.

A progressão do refrão da canção foi composta pelo guitarrista David Gilmour, que gravou uma demo instrumental. As letras, por sua vez, foram escritas pelo baixista Roger Waters, inspiradas na experiência do músico em ser injetado com tranquilizantes para dores de estômago antes de um show do Pink Floyd na Filadélfia na In The Flesh Tour de 1977.
Para gravar a música, contudo, Waters e Gilmour tiveram consideráveis atritos: "Foi [uma discordância] simples", comentou o baixista em entrevista a Absolute Radio em 2011. "Era que nós tínhamos criado uma faixa de ritmo, e eu a amei. E ele achou que não era precisa o suficiente, ritmicamente falando, e recortou a faixa de bateria [a transformando] em outra coisa e falou: ‘Ah, assim está melhor’. E eu ouvi e pensei: ‘Não, não está. Odiei isso'".
Gilmour também posicionou-se sobre a situação: "Discutimos sobre 'Comfortably Numb' como loucos. Realmente tivemos uma grande briga, continuamos por muito tempo". A versão oficial da canção contém a abertura preferida de Waters e o solo final de Gilmour. "No fim, a faixa que está no disco é o primeiro verso da versão que eu gosto e o segundo verso da versão que ele gosta, e aí tem um pouco do refrão da minha e um pouco da dele. Foi uma negociação", declarou que Waters.
Para escrever os dois solos de guitarra, Gilmour reuniu elementos de vários outros solos em que ele estava trabalhando, marcando seus segmentos preferidos para a tomada final.
"Comfortably Numb" tornou-se uma das canções mais conhecidas do Pink Floyd, bastante lembrada pelos seus solos (eleitos entre os melhores de todos os tempos por diversas publicações) e dueto vocal entre Waters e Gilmour. Em 2005, tornou-se a última música executada por Waters, Gilmour, o tecladista Richard Wright e o baterista Nick Mason juntos.


Fonte: https://www.facebook.com/story.php?story_fbid=pfbid0wPwQtdSRpwh7PvUvWyrzDCBo1rxNLkNRjMsXmgjjaZjWs2jRXWgLjdLGaCRnfHTWl&id=100063713283107

Nenhum comentário:

Postar um comentário