segunda-feira, 6 de junho de 2022

Grupo armado invade igreja e mata fiéis durante celebração na Nigéria

 Autoridades do país não divulgaram o número de vítimas do massacre, mas testemunha afirma ter visto ao menos 20 mortos

Um grupo de homens armados atacou neste domingo uma igreja católica na região de Ondo, no sudoeste da Nigéria, e matou uma grande quantidade de fiéis, informaram o governo e a polícia. O ataque aconteceu durante uma missa matinal em Owo, área onde os atentados jihadistas e de grupos criminosos não são comuns.

"Ainda é cedo para dizer quantas pessoas morreram. Mas muitos fiéis perderam a vida e outros ficaram feridos", disse à AFP Ibukun Odunlami, porta-voz da polícia na região de Ondo. Abayomi, testemunha do ataque, afirmou que pelo menos 20 pessoas foram mortas. "Eu passava pelo bairro quando ouvi uma explosão e tiros dentro da igreja", contou.

Por ora, não se sabe quem foram os responsáveis nem a motivação do ataque, descrito pelo presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, como "um assassinato odioso de fiéis". Há 12 anos a Nigéria enfrenta uma insurreição jihadista no nordeste do país, enquanto grupos criminosos cometem sequestros que envolvem grande número de vítimas no noroeste e grupos separatistas operam no sudeste.


AFP e Correio do Povo


Com cinco gols de Messi, Argentina goleia Estônia por 5 a 0


OMS reporta 780 casos de varíola do macaco em 27 países

Nenhum comentário:

Postar um comentário