sexta-feira, 3 de junho de 2022

Grêmio empata com o Vasco em 0 a 0 e continua fora do G4 na série B

 


Um novo empate em 0 a 0 (o terceiro seguido), desta vez com o Vasco , manteve o Grêmio fora do G4 da série B do Brasileirão. O jogo, no Estádio São Januário, no Rio, foi o quinto consecutivo sem vitória. Com o resultado, o Tricolor soma apenas 1 ponto, ficando na 5ª colocação.

A última vez que os comandados de Roger Machado marcaram um gol na competição foi no empate em 1 a 1 com o Ituano, na 7ª rodada. O próximo desafio gremista será diante do Novorizontino, na próxima terça (7), às 21h30, na Arena.

Jogo

A partida iniciou equilibrada, com muita disputa no meio-campo. O Grêmio conseguiu chegar ao campo de ataque logo aos 6 minutos, quando Nicolas recebeu na esquerda e cruzou na área, mas a zaga desviou e o goleiro Thiago Rodrigues fez a defesa com tranquilidade. Mas o Vasco não ficou atrás e buscou responder quase de imediato, criando uma boa oportunidade. Figueiredo desceu pela direita e acionou Nenê, que fez o domínio e chutou forte, obrigando Brenno a fazer uma grande defesa.

Passados 17 minutos, o Tricolor quase abriu o marcador com uma jogada de Thiago Santos e Diego Souza. O volante recebeu o último passe e finalizou cruzado – a bola passou raspando a trave direita e saindo pela linha de fundo. Não demorou para surgir mais uma chance gremista. Desta vez, Nicolas cobrou um escanteio, a zaga cortou e a bola caiu para Benítez já fora da área. O meia arrematou a gol, mas o arqueiro carioca defendeu.

O Grêmio seguiu pressionando no campo de ataque e aos 25’, Biel se livrou de dois marcadores e chutou forte, obrigando Thiago Rodrigues a espalmar por sobre a meta, fazendo boa defesa.

Pouco mais da metade do primeiro tempo, os gremistas tiveram mais oportunidades em escanteio. Benítez ergueu na área, mas outra vez a defesa carioca cortou.

Aos 37’, o Vasco chegou pela direita, com um cruzamento de Gabriel Pec, colocando na área, mas Brenno saiu do gol para afastar qualquer perigo da meta tricolor.

O Grêmio voltou a campo com uma mudança para o segundo tempo: Janderson no lugar de Benítez.

A primeira grande chance saiu aos 5’, quando Biel trabalhou com Nicolas, que devolveu o passe e o camisa 17, em velocidade, foi a linha de fundo e chutou já quase sem ângulo. Thiago defendeu em dois tempos.

Outra tentativa gremista saiu com Nicolas, que tentou chegar ao campo de ataque, foi a linha de fundo, mas acabou desarmado por Gabriel Dias. Em resposta as investidas do Tricolor, o Vasco chegou passados 16’, com Nenê pela direita, que finalizou, a bola desviou na zaga tricolor e ia encobrindo Brenno, mas Edilson cortou, mandando pela linha de fundo.

O técnico Roger Machado providenciou mais três mudanças: Lucas Silva, Diogo Barbosa e Jhonata Varela substituíram Bitello, Nicolas e Edilson, aos 18’.

Já passados 23’, Janderson acionou Biel, que tentou colocar a bola na área, mas ninguém apareceu para completar para as redes e os cariocas conseguiram segurar o ataque gremista.

A última mudança foi feita, com Elkeson no lugar de Diego Souza, próximo dos 30 minutos.

A equipe da casa também ameaçou, em nova oportunidade. Raniel acionou Gabriel Pec, que chutou de fora da área, levando perigo a meta gremista.

Na reta final da partida, Janderson invadiu a área, passou pela marcação e finalizou, mas carimbou Edimar, que conseguiu impedir o que poderia ser o gol gremista. De imediato, Palácios recebeu e chutou forte, para boa defesa de Brenno.

Nos acréscimos, o Vasco Gabriel Pec fez uma boa jogada e serviu Palácios, que recebeu em condições e chutou forte, acertando o poste.

Ficha técnica

— Vasco: Thiago Rodrigues; Gabriel Dias (Weverton), Quintero, Anderson Conceição e Edimar; Yuri Lara, Andrey Santos (Matheus Barbosa) e Nenê (Palacios); Figueiredo (Vinicius), Gabriel Pec e Getúlio (Raniel). Técnico: Zé Ricardo.

— Grêmio: Brenno; Bruno Alves, Geromel e Kannemann; Edilson (Jhonata Varela), Thiago Santos, Bitello (Lucas Silva) e Nicolas (Diogo Barbosa); Benítez (Janderson), Biel e Diego Souza (Elkeson). Técnico: Roger Machado.

— Arbitragem: Luiz Flávio de Oliveira (SP), auxiliado por Alex Ang Ribeiro (SP) e Evandro de Melo Lima (SP). VAR (árbitro de vídeo): Vinícius Furlan (SP).

O Sul

Nenhum comentário:

Postar um comentário