terça-feira, 26 de abril de 2022

Novo golpe no WhatsApp: bandidos fingem ser do suporte do aplicativo

 


Assim como os aplicativos e sistemas operacionais, os golpes que são aplicados através deles também se atualizam de tempos em tempos. Agora, o portal internacional WABetaInfo relatou mais um feito através do WhatsApp. Basicamente, os golpistas tentam se passar pelo suporte do aplicativo de mensagens para conseguir o acesso à informações importantes dos usuários.

Segundo o portal, os enganadores utilizam uma foto de perfil com a logo do aplicativo e um símbolo falso de verificado na imagem. Entretanto, quando uma instituição possui a verificação oficial do WhatsApp, o selo aparece ao lado do nome de contato. É importante, portanto, ficar atento à posição do símbolo de verificado do usuário.

Na foto da matéria é possível conferir a diferença entre os casos: à esquerda, o perfil falso com verificação incorreta; à direita, o perfil oficial do suporte do WhatsApp.

Golpes via WhatsApp

Os crimes realizados através de aplicativos de mensagem têm sido bastante comuns. Uma pesquisa recente, publicada em abril, aponta que 43% dos usuários brasileiros do WhatsApp já sofreram uma tentativa de golpe. Os golpistas apelam para diferentes recursos para tentar conseguir dados importantes dos usuários, como o código de 6 dígitos para fazer login da conta e, assim, roubar o acesso e enganar a lista de contatos.

Em geral, o WhatsApp não solicita ao usuário através de mensagens diretas dados como senhas, códigos de 6 dígitos, PIN de verificação em duas etapas ou outros tipos de informações confidenciais. Dessa forma, é importante ficar atento também ao conteúdo das mensagens que estes perfis falsos enviam.

Caso seja necessário, é possível denunciar o contato dentro da conversa. Basta acessar o ícone “(…)” no canto superior direito da conversa, depois ir em “Mais” e, por fim, “Denunciar”. O WhatsApp informa que as últimas cinco mensagens recebidas desse contato serão encaminhadas para o serviço do aplicativos e o contato não será notificado por isso. Há ainda a opção de bloquear e apagar o conteúdo da conversa.

O Sul

Nenhum comentário:

Postar um comentário