sexta-feira, 25 de março de 2022

Brasil goleia o Chile por 4 a 0 no Maracanã e segue invicto nas Eliminatórias

 


O Brasil segue invicto nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022. Na noite desta quinta-feira (24), a Seleção derrotou o Chile por 4 a 0, no Maracanã, pela 17ª rodada do torneio. Neymar, Vinicius Jr., Coutinho e Richarlison fizeram os gols.

Com o resultado, a equipe do técnico Tite, que já está classificada para o Mundial do Catar, foi a 42 pontos, na liderança da competição. Já o Chile caiu para sétima, com 19, dois a menos que o Peru, primeira seleção dentro da zona de classificação.

O Brasil volta a campo agora na próxima terça-feira (22), às 20h30min (de Brasília), quando visita a Bolívia, pela última rodada das Eliminatórias. O Chile, por sua vez, recebe o Uruguai, no mesmo dia e horário.

A partida

Empurrada por quase 70 mil pessoas, a Seleção Brasileira dominou a primeira etapa, mas encontrou dificuldades para furar a forte marcação chilena. A primeira grande chance saiu aos 22 minutos. Neymar cruzou na área e Thiago Silva desviou de cabeça para boa defesa de Bravo.

Na sequência, Antony aproveitou a sobra na direita e finalizou forte na rede pelo lado de fora. Aos 38, Arana arriscou de longe e colocou o goleiro chileno para trabalhar mais uma vez.

Já aos 40 minutos, Neymar foi derrubado por Isla na área, e árbitro marcou pênalti. Na cobrança, o próprio camisa 10 mandou para as redes e saiu para o abraço.

E não demorou para o Brasil ampliar. Aos 45, Bravo errou na saída e mandou a bola nos pés de Antony, que deu ótimo passe para Vinícius Jr. O atacante, então, invadiu a área e tocou na saída do arqueiro para marcar o seu primeiro gol com a Amarelinha.

Na volta do intervalo, o Chile acordou. Com apenas um minuto, Montecinos passou por Arana e cruzou para Vidal descontar. O tento, no entanto, foi anulado após o VAR flagrar impedimento do meia.

A resposta dos mandantes saiu aos 11. Depois de ótima jogada coletiva, Antony saiu cara a cara com Bravo e tentou um toque de cobertura. No meio do caminho, Baeza deu um chutão para evitar que a bola entrasse.

Já aos 26, nada impediu o terceiro gol brasileiro. Antony foi lançado em profundidade e foi derrubado por Bravo. O árbitro, então, assinalou mais um pênalti. Na cobrança, Coutinho deslocou o goleiro e ampliou.

Aos 45 minutos, ainda deu tempo de mais um. Richarlison foi acionado na direita, cortou para o meio e bateu no cantinho para anotar um belo gol e fechar a goleada.

Ficha técnica

Brasil: Alisson, Danilo, Marquinhos, Thiago Silva, Guilherme Arana; Casemiro (Bruno Guimarães), Fred (Fabinho), Lucas Paquetá (Coutinho); Antony (Richarlison), Neymar e Vini Jr (Martinelli). Técnico: Tite

Chile: Bravo; Isla, Roco (Montecinos), Medel, Paulo Díaz; e Suazo; Baeza (Ronnie Fernández), Vidal e Aránguiz (Pavez); Sánchez e Vargas (Meneses). Técnico: Martín Lasarte

O Sul

Nenhum comentário:

Postar um comentário