domingo, 27 de março de 2022

Biden chama Putin de "carniceiro" após encontro com refugiados ucranianos

 Presidente americano reafirma que o artigo 5º da Otan é um 'compromisso sagrado' para os EUA



O presidente americano Joe Biden qualificou o presidente russo Vladimir Putin como "carniceiro" durante um encontro com refugiados ucranianos neste sábado (26), em Varsóvia, na Polônia. Questionado sobre sua opinião sobre Putin após ter falado com os refugiados, Biden respondeu: "É um carniceiro". 

Biden também reafirmou que o artigo 5º do tratado da Otan (Organização do Tratado do Atlânticvo Norte) – que estipula que um ataque contra um país-membro da Aliança é um ataque contra todos do pacto – constitui um "compromisso sagrado" para os Estados Unidos. 

"Podem contar com isso (...) Pela sua liberdade e pela nossa", disse a seu homólogo polonês Andrzej Duda durante uma reunião em Varsóvia, em um momento de tensão nesse país fronteiriço com a Rússia após a invasão da Ucrânia. 

Biden também declarou que  Vladimir Putin "contava com uma Otan dividida", mas que essa divisão não se produziu. Por sua parte, Andrzej Duda assegurou que as relações entre Polônia e Estados Unidos se tornam "intensamente fortalecidas" pela visita do presidente americano. 

Duda disse ainda que seu país é um aliado "sério" dos Estados Unidos e mencionou futuras cooperações com empresas americanas para projetos de centrais nucleares na Polônia, assim como seu desejo de que as empresas aeronáuticas polonesas possam participar da fabricação dos helicópteros americanos Black Hawk. 

R7, AFP e Correio do Povo


Baterista do Foo Fighters usou opioides, maconha e antidepressivos antes de morrer, aponta laudo


PRF intercepta comboio de veículos com carga milionária de vinhos em Dom Pedrito

Nenhum comentário:

Postar um comentário