terça-feira, 8 de dezembro de 2020

Reino Unido começa vacinação; estímulo em xeque nos EUA; IPCA de novembro;

 

O Reino Unido começou nesta terça-feira, 8, a vacinar sua população contra a covid-19. As bolsas da Europa e os índices futuros americanos recuam com empecilhos na negociação do pacote de estímulo dos Estados Unidos. Na agenda econômica, as atenções se voltam para o IPCA de novembro. Boa leitura.

IPCA de novembro: expectativa do mercado é de que o indicador registre um aumento de 0,78% na comparação mensal. (NurPhoto/Getty Images)

1 - ESTÍMULO EM XEQUE

As bolsas da Europa e os índices futuros americanos recuam na manhã desta terça-feira, 8, com novos empecilhos na negociação do pacote de estímulo bipartidário dos Estados Unidos. O aumento do número de casos e mortes por coronavírus, que voltou aos holofotes do mercado, também pressiona negativamente. Ainda que um acordo para o pacote de 908 bilhões de dólares já tivesse recebido o apoio de parlamentares republicanos, a principal peça do partido, o líder da maioria do senado, Mitch McConnell tem travado o avanço das negociações. Na agenda econômica, as atenções se voltam para o Índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA) de novembro. A expectativa do mercado é de que o principal indicador de inflação do país registre um aumento de 0,78% na comparação mensal. Leia mais.

2 - COMEÇO DO FIM?

O Reino Unido começou nesta terça-feira, 8, a vacinar sua população contra a covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. O país foi o primeiro a aprovar a vacina da Pfzer/BioNtech, conforme anúncio feito na quarta-feira passada. Idosos acima de 80 anos e funcionários da área da saúde terão prioridade. Desta forma, a imunização em massa deverá ocorrer no país em 2021. O Reino Unido enfrentou os maiores níveis de contágio e de mortalidade da Europa durante a primeira onda da pandemia. Com centenas de milhares de casos confirmados, o país registra 60.000 mortes relacionadas à doença. Leia mais.
 
3 - IPO DA DOORDASH

Principal concorrente do Uber Eats nos Estados Unidos, o aplicativo de entregas DoorDash faz nesta terça-feira sua abertura de capital na Bolsa de Valores de Nova York. A empresa, líder no mercado americano, espera precificar as ações entre 90 e 95 dólares e levantar cerca de 3,1 bilhões de dólares. A expectativa é de que a empresa alcance um valor de mercado de cerca de 30 bilhões de dólares, pouco menor que o da montadora Fiat Chrysler (32,9 bilhões de dólares). Fundado em 2013, o aplicativo DoorDash tem 49% do mercado de entregas de comida nos Estados Unidos. Ao todo, o aplicativo tem 18 milhões de clientes que são atendidos por um exército de 1 milhão de entregadores. Cerca de 390.000 estabelecimentos estão conectados na plataforma do DoorDash, que atende não apenas restaurantes, mas também lojas do comércio. Leia mais.

4 - INVESTIDORES E MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Para serem capazes de cumprirem suas metas de redução do impacto ambiental causado pelas emissões de carbono e desmatamento em massa, os países precisam da colaboração do mercado financeiro. O papel desse agente e das empresas no combate à emergência climática global serão tema de evento promovido pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), nesta terça-feira, 8. Em pauta mesmo durante a crise do coronavírus, a emergência climática tem tido papel prioritário na agenda do FMI desde a chegada de Georgieva, em setembro do ano passado. Em janeiro, durante a Conferência em Davos, na Suíça, o FMI divulgou o relatório que antecipa o cenário econômico mundial, e deu destaque à pauta ambientalista. O Fórum também chamou as mudanças climáticas de “principal risco para a década”. Leia mais.
 

Câmara avalia vacina da Pfizer. E governo agora quer 70 milhões de doses. Ministério da Saúde informou na noite de segunda-feira, 7, que negocia a compra de doses da Pfizer, após um dia de pressões sobre o governo.

Vacinação contra a covid-19 em São Paulo começa em 25 de janeiro, diz Doria. A aplicação será de forma estadual, a começar pelos idosos e profissionais de saúde. A vacina ainda precisa de aprovação da Anvisa. Veja o cronograma.

Dólar testa patamar importante e pode abrir espaço para queda até R$ 4,20. Para Wagner Investimentos, momento é de atenção com a moeda americana perto de reverter tendência de alta de longo prazo.

Pequeno investidor tem acesso restrito a ativos rentáveis. Veja quais são

Com meta agressiva para 2021, construtora MAC aposta em planta inteligente. Em entrevista exclusiva à EXAME, a companhia fala da demanda reprimida no mercado imobiliário e da projeção de crescimento de 20% para o ano que vem. Saiba mais.

Restrição a fundos com ativos no exterior condena investidor, diz Anbima. Entidade defende que gestoras possam recorrer a uma composição maior de ativos no exterior para ampliar a diversificação e o rendimento das carteiras.

Juro baixo é positivo para renda fixa, diz presidente da Quasar Asset. José Paulo Perri defende mudanças na rentabilidade dos papéis, para que sejam prefixados ou paguem o CDI acrescido de uma taxa pelo risco de crédito.

APRESENTADO POR Accenture

De acordo com um estudo da Accenture, as companhias têm apenas de 20% a 40% da carga de trabalho na nuvem. Listamos aqui os cinco passos que toda empresa deve adotar para uma implantação de cloud de sucesso. Confira


Estágio e trainee: Uber, Google e mais vagas com salário de até R$ 8 mil

Como conseguir trabalho em uma fintech? Veja dicas


Bob Dylan vende direitos de suas músicas por US$ 300 milhões

“Todo mundo vai sofrer”? Por que 2020 é o ano de Marília Mendonça

Para vestir e presentear: Ricardo Almeida lança coleção de natal

 

Summit de Saúde Mental nas Organizações


EXAME Experience reunirá lideranças nacionais e internacionais no Summit de Saúde Mental nas Organizações, evento virtual que começa nesta terça-feira, 8, com a intenção de falar abertamente a respeito de tópicos como autocuidado, autoconhecimento e empatia, dentro e fora das empresas.

O início dessa jornada pode ser acompanhado na página do YouTube da EXAME, com a sessão intitulada Saúde e Bem-estar: vantagem competitiva no mundo contemporâneo, que terá a participação do britânico Geoff MacDonald, fundador da ONG Minds at Work e um dos principais gurus do tema saúde mental no mundo, numa conversa mediada pelo CEO da EXAME, Pedro Thompson. Confira a programação completa.

HOJE | Xangai / - 0,19%
Tóquio / - 0,30%
Londres / 0,40% (às 7h)


SEXTA | Ibovespa / 0,14%
S&P 500 / - 0,19%
Dólar / 5,10 reais (- 0,02%)

Vinho antes do meio dia, pode isso? É um tabu que já deveria ter ido para o ralo faz tempo. Falamos daquele que prega que bebidas alcoólicas só são aconselháveis depois do meio dia. Pode valer para diversas categorias de bebidas, em especial para destilados e companhia, mas não para os vinhos. Leitores da Exame podem comprar vinhos com descontos no e-commerce de Philippe de Nicolay Rothschild e saber quais são mais indicados para a manhã. Confira.

Philippe de Nicolay Rothschild, da Edega, sugere rótulos para antes do meio dia  | MarkSwallow/Getty Image

Nenhum comentário:

Postar um comentário