sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

Pai é preso por suspeita de assassinato do filho de dois anos em Garibaldi (RS)

 Laudo apontou morte do menino Rafael Parisotto por asfixia mecânica



O pai suspeito pela morte do fillho de dois anos foi preso em flagrante nesta quinta-feira. De acordo com a delegada Deise Salton Ruschel, da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM) de Bento Gonçalves, ele é o principal investigado pela morte do menino, ocorrida na rua Ângelo Breda, no bairro Integração, em Garibaldi.

Conforme a delegada, foi pedida a prisão preventiva do homem. Segundo Deise Salton Ruschel, o laudo da perícia apontou que a criança morreu por asfixia mecânica. 

O crime teria acontecido por volta das 3h, quando o acusado saiu da residência e passou a gritar, chamando pelos vizinhos, e falando “palavras incompreensíveis”. Os vizinhos chamaram o Samu, que o encaminhou para atendimento médico. Na sequência, a delegada relata que os vizinhos foram até a residência para verificar como a criança estava e localizaram seu corpo.

O menino morava com o pai e o avô, que não estava em casa no momento do crime. No local, policiais encontraram uma faca enrolada em uma toalha.

O pai da criança foi autuado em flagrante por homicídio qualificado e majorado, pelo fato de a vítima ser menor de 14 anos, e foi recolhido à Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves. Conforme a delegada, ele optou por permanecer em silêncio. Testemunhas ouvidas pela delegada disseram que o suspeito  era uma pessoa calma e costumava ser carinhoso com o filho.

A investigação seguirá a cargo da Delegacia de Garibaldi e o inquérito será remetido ao Ministério Público do município.


Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário