quinta-feira, 10 de dezembro de 2020

Inter perde para o Boca Juniors nos pênaltis e está fora da Libertadores

 Colorado fez 1 a 0 no tempo normal, mas foi eliminado nas cobranças e agora concentra as atenções no Brasileirão



O Inter chegou muito perto de reverter a desvantagem. Jogou melhor que seu adversário fora de casa, em um campo historicamente difícil para os brasileiros. Venceu o Boca Juniors no tempo normal por 1 a 0 na Bombonera na noite desta quarta-feira, e fez o que era necessário para levar a partida para os pênaltis. No entanto, perdeu nas cobranças e está eliminado da Libertadores. 

O único gol do tempo normal foi marcado no início da segunda etapa. Em boa jogada de Patrick, ele achou Moisés, que cruzou rasteiro para Fabra marcar contra, garantindo a ida à decisão por pênaltis. Fora da Libertadores, o Colorado volta as atenções para o Brasileirão. Enfrenta o Botafogo, no sábado, às 19h, no Beira-Rio, em jogo válido pela 25ª rodada da competição. 

Inter domina o primeiro tempo, mas não chega ao gol 

Recuperado da Covid-19, o técnico Abel Braga voltou à casamata colorada em partida decisiva. E fez algumas mudanças: no ataque, ao lado de Thiago Galhardo, optou por Marcos Guilherme, deixando Yuri Alberto no banco. No meio, Praxedes esteve junto de Rodrigo Lindoso, e Moisés e Rodinei fizeram as laterais. 

Em desvantagem,  o Inter entrou com uma boa postura, assim como já havia ocorrido na partida de ida. E a atitude logo se converteu em chance de gol, construída aos 17 minutos. Patrick fez boa jogada pela esquerda e invadiu a área. Ele escorou bola para Thiago Galhardo que, de chapa, mandou a bola no travessão do goleiro Andrada. 

O Inter seguiu controlando as ações. Chegou com perigo ao ataque especialmente pela esquerda, com Patrick, um dos destaques da etapa inicial, explorando bem as costas de Buffarini. Foi assim que a equipe criou outra chance, aos 27. O meia foi ao fundo, levou vantagem e escorou para a marca do pênalti. Bem posicionado, Praxedes tomou a decisão errada: optou pela cabeçada ao invés de dominar e tentar o chute, e a bola ficou fácil para Andrada. 

A equipe de Abel Braga manteve a superioridade ao longo de toda a primeira etapa. Foi ao intervalo com mais de 60% da posse de bola, e vencendo os duelos individuais no meio campo. Apesar disso, não conseguiu converter as chances que criou e, mesmo jogando melhor que o adversário, foi ao intervalo empatando em 0 a 0. 

Colorado vence e leva jogo aos pênaltis

A equipe do Inter manteve a postura agressiva na volta do intervalo, e logo foi recompensada com o gol que abriu o placar. Novamente com Patrick levando vantagem pela esquerda, ele achou bom passe para Moisés. O lateral foi ao fundo e cruzou rasteiro, buscando Marcos Guilherme. A defesa do Boca tentou se antecipar e cortar, mas mandou contra o próprio patrimônio: Fabra mandou para as redes e fez 1 a 0 para o Inter.

A partir do gol, o Inter seguiu controlando o jogo. Precisando empatar para garantir a classificação de forma direta, o Boca se jogou ao ataque. Ainda assim, pouco conseguiu criar. Já o Inter, para tentar reter a bola à frente, mexeu no time. Abel Braga lançou a campo Yuri Alberto no lugar do cansado Marcos Guilherme, que pouco contribuiu ofensivamente na comparação aos demais jogadores de frente. 

Apesar das trocas, o ritmo diminuiu. O Inter seguiu com as investidas pela esquerda, mas o próprio Patrick não conseguia chegar com o mesmo vigor à frente. Os demais jogadores também cansaram, e a equipe parou de criar com tanta intensidade. Próximo aos acréscimos, Victor Cuesta ainda errou um gol feito, após falha de Andrada na saída do gol. Ainda assim o jogo acabou com a vitória do Inter por 1 a 0, resultando nos pênaltis.

Nas alternadas, Inter é eliminado

O Boca abriu a série com Tévez, que bateu mal. Lomba tocou na bola, mas não evitou o gol. Rodinei converteu para o Inter, e Cardona errou para o Boca, ficando em desvantagem. Depois, foi a vez de Rodrigo Lindoso desperdiçar para o Inter, e o placar se igualou em 4 a 4 até as alternadas. Jara converteu para o Boca, e Peglow errou, definindo o placar em 5 a 4 e sacramentando a eliminação colorada na decisão por pênaltis. 

Copa Libertadores - Jogo de volta das oitavas de final 

Boca Juniors 0 

Andrada; Buffarini (Jara), López, Izquierdoz e Fabra; Capaldo, Campuzano, Cardona e Salvio; Villa (Obando) e Tévez. Técnico: Miguel Angel Russo

Inter 1

Marcelo Lomba; Rodinei, Moledo, Cuesta e Moisés; Lindoso, Praxedes (Dourado), Patrick (Leandro Fernandez) e Edenílson; Marcos Guilherme (Yuri Alberto) e Galhardo (Peglow). Técnico: Abel Braga.

Gols: Fabra (contra) (2/1T) 

Cartões amarelos: Moisés (Inter) 

Cartão vermelho: Obando (Boca)

Árbitro: Roberto Tobar (CHI)

Local: La Bombonera, em Buenos Aires (ARG) 



Correio do Povo


Ar quente eleva as temperaturas e pode trazer temporais ao RS a partir desta quinta-feira


Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano


Carrasco do Brasil em 82, morre o atacante da Itália Paolo Rossi


Diego Souza marca de pênalti no final e Grêmio empata com o Santos na Arena


Diego Souza vê Grêmio merecedor do empate com o Santos na Arena


Renato elogia atuação do Santos e vê Grêmio vivo na Libertadores


Governo de Santa Catarina confirma prisão de 14 suspeitos por assalto em Criciúma


Protesto na Cruzeiro pede justiça pela morte de líder comunitária


Hipótese de homicídio no caso da morte de Jane Beatriz da Silva Nunes perde força


Senado suspende portaria que excluiu personalidades negras de lista


Encerrado recrutamento para vacina da Janssen em Porto Alegre


Campanha Papai Noel dos Correios recebe presentes até sexta-feira


Leite sanciona indenização do 13º dos servidores e piso mínimo regional


Senado aprova projeto que garante tratamento digno a vítima de estupro durante inquérito


São Paulo sobra, goleia Botafogo em casa e dispara na liderança do Brasileirão


Arthur Lira oficializa candidatura à presidência da Câmara


TCU autoriza concessões dos aeroportos de Pelotas, Uruguaiana e Bagé


Protótipo de foguete da SpaceX explode ao pousar em teste considerado bem-sucedido



Israel fará nova tentativa de pousar nave na Lua em 2024


Por estupro, Robinho será julgado em 2ª instância na Itália nesta quinta-feira


Cristiano Ronaldo marca duas vezes e Juventus supera o Barcelona por 3 a 0 no Camp Nou


Nenhum comentário:

Postar um comentário