quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

Dólar tem ligeira alta e encerra a quarta-feira negociado a R$ 5,24

 Avanço de 0,27% da moeda ocorreu em movimento de correção após forte queda que derrubou a divisa ao menor patamar em quatro meses


O dólar passou por um leve ajuste de alta nesta quarta-feira, depois da forte queda da véspera que derrubou a moeda a uma mínima em quatro meses, com investidores optando pausar as vendas num dia de hesitação também no exterior.

Na sessão, a moeda norte-americana subiu 0,27%, a R$ 5,2422 na venda, depois de oscilar entre R$ 5,2563 (+0,54%) e R$ 5,2068 (-0,41%). Na terça, o dólar caiu 2,22%, a R$ 5,2282 na venda, menor patamar para um encerramento desde 31 de julho passado (R$ 5,2185).

A pausa no movimento foi percebida também no exterior, com o índice do dólar frente a uma cesta de rivais perto da estabilidade, rondando mínimas em dois anos e meio. Em Wall Street, as bolsas também ficavam no zero a zero, depois de baterem máximas recordes na terça.

Apesar de o dólar ter evitado mais um dia de queda no Brasil, analistas avaliam que no geral o cenário é desfavorável à moeda norte-americana, tanto por causa do otimismo externo (que trouxe de volta fluxo de estrangeiro ao país) quanto pelos sinais mais recentes de compromisso fiscal da parte do governo, além do apoio do Banco Central ao câmbio.

O BC começou nesta semana a ofertar 16 mil contratos de swap cambial para rolagem do vencimento janeiro, ante lote de 12 mil contratos disponibilizado antes. Se mantiver essa quantia até o fim de dezembro, com colocação integral, o BC terminará negociando pelo menos US$ 9 bilhões a mais do que o estoque desses papéis a vencer em 4 de janeiro (US$ 11,798 bilhões).

Com a perspectiva de mais liquidez vinda do BC e um ambiente externo positivo, o dólar acumula baixa de 1,6% nesta semana ante o real. Em novembro, a moeda perdeu 6,82% — maior baixa mensal desde outubro de 2018 (-7,79%) e a mais forte para meses de novembro desde pelo menos 2002.


R7 e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário