terça-feira, 19 de maio de 2020

Número de casos de Covid-19 cresceu 45% nas últimas três semanas em Porto Alegre

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, novos casos são reflexos do aumento na testagem

Da oitava semana em diante, o número de novos casos na Capital passou a crescer


Com o primeiro caso notificado no dia 9 de março, de acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde, Porto Alegre chegou ao fim da décima semana de pandemia da Covid-19,com 818 pacientes confirmados e 21 óbitos, atualizados no último domingo. No entanto, do número total de pacientes positivos, há um crescimento de 45%, ou 367 novos registros, que foram notificados da 8° semana para cá. Nesta segunda-feira, a pasta confirmou três novos óbitos, elevando o número de vítimas fatais para 24.
Adotando medidas de isolamento e distanciamento social desde o dia 18 de março, Porto Alegre apresentou avanços nas primeiras quatro semanas de pandemia, mas registrou uma queda no número de novas infecções de 104 para 44 na semana número cinco, que ocorreu do dia 5 até o dia 11 de abril. Nas semanas número 6 e 7, que compreendem o período de 12 até 25 de abril, os registros oscilaram, com 91 e 37 novos casos.
Da oitava semana em diante, de 26 de abril até dia 17 maio, o número de novos casos na Capital passou a crescer. Sendo, 66 casos notificados na semana 8, 110 novos pacientes na semana 9 e, na décima semana, a cidade apresentou 191 positivos para Covid-19. Ao mesmo tempo, flexibilizações começaram a ser discutidas no âmbito estadual.
Em seu último boletim epidemiológico, no último domingo, a SMS informa que 463 pacientes já se recuperaram da doença, e que há ainda 1.721 casos em análise. Para a elaboração dos gráficos, os números coletados e considerados como o avanço semanal foram os notificados pela SMS em cada domingo após o começo da pandemia. 


Cidade aumentou capacidade de testagem

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, este avanço nos números é um reflexo do aumento na testagem, que ampliou seu público. Desde o começo da semana passada, no dia 4 de maio, a Capital passou a disponibilizar 580 testes diários para todos os pacientes sintomáticos que se dirigissem aos serviços de Saúde. "Num primeiro momento, a testagem era somente para pessoas hospitalizadas, com o aumento da capacidade de testagem, ampliamos para os trabalhadores da saúde, pois nossa prioridade era o retorno deles para o trabalho, num terceiro momento, abrimos para idosos, e,agora, abrimos para toda população que tiver sintomas e buscar os serviços de Saúde", relatou a pasta.
A SMS também acrescenta que, embora os casos estejam avançando, isto era previsto e o principal indicador segue sendo as internações hospitalares. "Teremos certamente um aumento no número de casos e, sem dúvida, para nós, o parâmetro principal seguirá sendo o número de pessoas confirmadas com Covid-19  que estão internadas em UTI's de Porto Alegre. Hoje, estamos estabilizados em 38, 40, 41", informou. 
Em seu monitoramento, a SMS informou que o número de pacientes internados em leitos de UTI de Porto Alegre com Covid-19 é de 43. Outros 27 também em UTI seguem sendo considerados casos suspeitos. A taxa de ocupação em leitos está em 75%.



Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário