quarta-feira, 20 de maio de 2020

Boletim Diário: Demissões já afetam 13% das famílias; quarentena impulsiona abertura de lojas virtuais e outras notícias

Lucio, este é seu boletim personalizado com as notícias do dia, selecionadas pelos editores do LinkedIn.

Demissões já afetam 13% das famílias

De Guilherme Odri, da Redação do LinkedIn

Entre as empresas, cerca de 40% das que operam nos serviços, construção, comércio ou indústria já cortaram funcionários.

Leia mais sobre esta notícia


Quarentena impulsiona abertura de lojas virtuais

De Guilherme Odri, da Redação do LinkedIn

De acordo com a ABComm, foram abertas cerca de 100 mil lojas virtuais entre o início de março e o final de abril.

Leia mais sobre esta notícia


Bolsa ultrapassa 2 milhões de "CPFs" em abril

De Claudia Gasparini, da Redação do LinkedIn

Queda do valor das ações foi vista "como uma oportunidade por muitas pessoas", afirma diretor de relacionamento com clientes da B3.

Leia mais sobre esta notícia


Bolsonaro sanciona lei que cria linha de crédito

De Guilherme Odri, da Redação do LinkedIn

O valor dos empréstimos será de até 30% da receita de 2019, com limite de R$ 108 mil para microempresas e R$ 1,4 mi para pequenas empresas.

Leia mais sobre esta notícia


Brasil terá desempenho pior que 82% de 190 países

De Claudia Gasparini, da Redação do LinkedIn

Levantamento da FGV se apoia em projeções do Fundo Monetário Internacional (FMI) e considera que o PIB brasileiro terá uma retração média anual de 1,3% no biênio de 2020 e 2021.

Leia mais sobre esta notícia


Dicas para escolher o melhor conteúdo online

De Paulo Balint Tobias, da Redação do LinkedIn

Ideia do dia: "Veja quais os assuntos são de maior relevância para o momento e pense no longo prazo", diz Gleiciane Lima, gerente administrativa.

Leia mais sobre esta notícia


As últimas notícias sobre o coronavírus

De Guilherme Odri, da Redação do LinkedIn

Número de casos, medidas de prevenção, declarações oficiais: as informações atualizadas sobre a epidemia, selecionadas pelo LinkedIn.

Leia mais sobre esta notícia


Nenhum comentário:

Postar um comentário