AdsTerra

banner

terça-feira, 5 de março de 2024

Rodoviários de Esteio vão retomar os percentuais mínimos de serviços

 Medida entra em vigor na terça-feira, após os trabalhadores aceitarem suspender a paralisação total devido ao avanço nas negociações de acordo com as empresas

Sessão de mediação foi conduzida pelo TRT-4 nesta segunda-feira 

Os rodoviários de Esteio comprometeram-se a retomar os percentuais mínimos dos serviços de transporte municipal e intermunicipal na terça–feira (5). Os trabalhadores aceitaram suspender a paralisação total, em contrapartida ao avanço nas negociações do acordo coletivo com as empresas Real Rodovias e Viação Hamburguesa. Uma nova sessão de mediação está agendada para terça-feira, a partir das 13h30, quando será avaliada uma proposta de acordo sugerida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT).

A proposta do MPT é de aumento do vale-alimentação para R$ 25,00 e reajuste salarial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), além de 5% de adicional de dupla função a contar de março, com pagamento em abril. O adicional de dupla função teria aumento gradativo para 10% até setembro e 15% em janeiro de 2025. Não haveria desconto em relação aos dias parados. A proposta também abrange garantia no emprego por 90 dias.

O percentual mínimo que deverá ser garantido nos serviços de transporte, já estabelecido pela Vice-Presidência do TRT-4, é de 35% nos horários de pico (das 5h30min às 8h30min e das 17h30min às 20h30min) e 15% nos demais horários. O MPT também propõe a aplicação de multa diária de R$ 2 mil em caso de descumprimento desses percentuais.

Os trabalhadores iniciaram a greve no dia 26 de fevereiro, devido a impasses na negociação do acordo coletivo da categoria. Durante a última semana, a greve vinha respeitando os percentuais mínimos estipulados pela medição do TRT-4. Nesta segunda-feira (4/3), contudo, ocorreu a paralisação total dos serviços.

A sessão de mediação foi conduzida pelo vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-4), desembargador Alexandre Corrêa da Cruz, acompanhado pela juíza auxiliar da vice-presidência, Luciana Caringi Xavier. O Ministério Público do Trabalho foi representado pelo procurador Marcelo Goulart.

Além dos representantes das empresas e do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de São Leopoldo, que abrange os trabalhadores de Esteio, também participaram da mediação representantes do Município de Esteio e da Fundação Estadual Metroplan.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário