sábado, 2 de julho de 2022

Peru contém incêndio perto de Machu Picchu após três dias

 Autoridades ainda estão em alerta porque as chamas podem ressurgir



Um incêndio florestal perto das ruínas incas de Machu Picchu, no Peru, foi controlado nesta sexta-feira, depois de três dias. As autoridades, porém, ainda estão em alerta porque as chamas podem ressurgir e ameaçar a antiga cidade nas montanhas.

O fogo, que consumiu cerca de 30 hectares, uma área equivalente à metade da Cidade do Vaticano, começou na terça-feira após agricultores queimarem grama e detritos em preparação da semeadura.

Os bombeiros tiveram dificuldade em controlar as chamas e o fogo afetou outra região arqueológica, chamada Llamakancha, segundo Jesús Tapia, assessor de imprensa do local.

Turismo

A cidade de Machu Picchu, um complexo de estruturas de pedra no topo de uma montanha, foi construída há mais de 500 anos pelos incas. As impressionantes ruínas, que fizeram da região de Cuzco o principal destino turístico do Peru, são consideradas uma das novas sete maravilhas do mundo. Durante os três dias de incêndio, os trens e o acesso de turistas ao local continuaram funcionando normalmente.

Agência Estado e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário