sábado, 19 de dezembro de 2020

Veranistas voltam às areias com novo plano de prevenção à Covid-19

 Litoral Norte terá veraneio com restrições para minimizar contágio



Após a aprovação do Governo do Estado, o novo plano de contingência para prevenção da Covid-19, elaborado pela Associação dos Municípios do Litoral Norte (Amlinorte), movimentou as praias e trouxe de volta moradores e veranistas para a areia, mesmo em bandeira vermelha. O novo plano, que  entre as principais medidas determina que para ficar na praia é obrigatório o uso de máscaras com distanciamento mínimo de um metro entre as pessoas, foi bem aceito pela grande maioria dos banhistas.  

Com a aprovação, operários da Prefeitura de Tramandaí  trabalharam  com tratores para limpar a faixas de areia. Na beira, a corretora de Imóveis, Kise Marimon, 36 anos, e o amigo eletrotécnico, Vitor Rolim Schieffelbein, 39, aprovaram as novas regras. "Sabemos dos cuidados que devemos ter para não contrair o coronavírus e também  contaminar alguém. Quem quer curtir a praia deve cumprir com as novas determinações. Dá perfeitamente para se divertir usando a máscara e manter a distância estebelecida", afirmou.

Para Vitor Rolim, as pessoas têm que se conscientizar da importância do plano para a  prevenção da Covid e saber aproveitar a flexibilidade das medidas restritivas. "Cada um tem que saber respeitar o espaço do outro, principalmente nos finais de semana, quando quase sempre as areias das praias  ficam lotadas", lembrou.

Durante a tarde de sol, depois de uma manhã nublada, muitas  pessoas aproveitaram as flexibilizações aprovadas pelo Governo para se exercitar, andar de bicicleta, passear com a família e animais de estimação no Calçadão de Tramandaí. "Estou de férias e faço exercícios todos os dias usando máscara. É incômodo para respirar, mas se acostuma. Esta é a única forma para termos algum tipo de entretenimento durante a pandemia. Temos que aproveitar e cumprir as regras", disse o professor Cesar Luis  Freitas, 42 anos. Passeando com a filha Sophia, de 5 anos de idade, a dona de casa Lourdes Maria Dias, 39 anos. "Quando tomei conhecimento das novas medidas de prevenção com algumas liberações de lazer, resolvi sair um pouco de casa, mas com todos os cuidados necessários", enfatizou Lourdes.

De acordo com o  presidente da Amlinorte e prefeito de Imbé, Pierre Emerim, a idea do novo plano de contingência é reforçar as ações de conscientização. Ele reforça que a elaboração do plano de contigência atende as reivindicações das prefeituras. "Aprovamos protocolos que já estavam prontos  desde a terça-feira, 15, mas todos deverão cumprir com todas as normas de distanciamento e segurança", ressaltou.  A atualização  dos protocolos  foram aceitos pelo governo na quinta-feira 17, e valem para 23 cidades.

As regras aprovadas para o Litoral Norte

Ficam permitidos o uso da faixa de areia, 50% da lotação de lojas e shoppings e até música ao vivo até a 1 hora.

Locais públicos abertos (ruas, calçadas, parques, praças, faixa de areia, mar, lagoa, rio e similares): obrigatório uso de máscaras com distanciamento interpessoal de no mínimo um metro.

Recomenda-se o distanciamento de três metros entre núcleos familiares na beira-mar.
Atividades físicas e caminhadas estão liberadas, com o uso de máscara.
Restaurantes a la carte, prato feito e bufê: com 50% de lotação, obrigatório o uso de máscara e distanciamento social.

Lanchonetes, lancherias e bares: com 50% de lotação, obrigatório o uso de máscara e distanciamento social.

Hotéis e similares: aberto ao público. Estabelecimentos sem o Selo Turismo Responsável do Ministério do Turismo podem ter até 60% de lotação. Para locais com o selo, é permitido ter 75% de lotação, mantendo  todos os cuidados sanitários.

Comércio varejista, centros comerciais, shoppings e comércio de rua:Aberto ao público com lotações entre 50% e 70% de trabalhadores e público, dependendo da atividade. Obrigatório o uso de máscara e distanciamento social.

Missas e serviços religiosos: 30% de ocupação intercalada de assentos, com dois metros de distanciamento entre pessoas.

Parques temáticos: aberto ao público, com 50% de trabalhadores e 25% de público. Obrigatório o uso de máscara e distanciamento social.


Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário