sábado, 19 de dezembro de 2020

Ufrgs disponibiliza estrutura para armazenamento da vacina contra Covid-19

 Freezers da instituição podem guardar cerca de quatro milhões de doses


A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) anunciou, nesta sexta-feira, que colocou sua estrutura à disposição do Ministério da Saúde para armazenar até 4 milhões de doses da vacina contra a Covid-19. A Ufrgs candidatou-se para ser o centro logístico de distribuição de imunizantes no Rio Grande do Sul.

Foram identificados 15 unidades de ultrafreezes capazes de armazenar as doses em temperaturas de -80°C. A maioria encontra-se no Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Os demais estão  no Instituto de Biociências, na Faculdade de Agronomia, na Faculdade de Veterinária, no Instituto de Física e na Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança. Outras cinco unidades estão em processo de compra e devem chegar até o início de fevereiro. 

Cada equipamento custa em média R$ 138 mil. Dos equipamentos a serem adquiridos, três serão com recursos próprios, e outros dois com convêncio da instituição com o governo do Estado. 

A estrutura de armazenamento em baixíssimas temperaturas, como exige a vacina da Pfizer/BioNTech, foi disponibilizada ao Ministério da Saúde no último dia 9 de dezembro, quando o reitor Carlos André Bulhões Mendes e o pró-reitor de Inovação e Relações Institucionais Geraldo Pereira Jotz estiveram em Brasília.

Nesta quinta-feira, a Pfeizer protocolou junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) os resultados da fase três de testes de seu imunizante. Os documentos agora estão sob análise da instituição, que aguarda para liberar a vacinação emergencial no Brasil. Além da Pfeizer, a AstraZeneca também protocolou seus resultados em fase três junto ao órgão.



Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário