terça-feira, 10 de novembro de 2020

Opiniões

 A coragem de emitir uma opinião foi sempre muito considerada entre os que as leem, porque creio que há mérito em afrontar os perigos, as perseguições, as mentiras e as contradições, e até mesmo os simples sarcasmos aos quais quem escreve quase sempre se expõe por não temer em emitir claramente opiniões e ideias que não são de todo o mundo, mas amplamente aceitas pela maioria consciente e racional!

Assim, quando escrevo confio nos meus conhecimentos e no valor do que penso, amplamente desprovido de qualquer traço de vaidade para não me influenciar sem mais nem menos, por aquilo que contraria o que considero como bom legítimo e verdadeiro! Mesmo por que não concordando com opiniões contrárias, respeito o direito democrático de alguém expressá-las, pois desta forma procuro com muito cuidado não me deixar levar por aquilo que os outros pensam a meu respeito, pois podem me elevar ou rebaixar!
Por outro lado, também tenho muita cautela com os elogios, que podem me entorpecer e criar uma imagem ilusória sobre tudo que escrevo, pois é melhor se rejeitado por aquilo que escrevo do que ser aceito pela fragilidade do meu imaginário ou pela suposta idealização pretendida em nossos desejos e aspirações de plena aceitação.

Plínio P. Carvalho



Fonte: https://www.facebook.com/story.php?story_fbid=10215919544496293&id=1677131654

Nenhum comentário:

Postar um comentário