terça-feira, 16 de junho de 2020

Passageiros pedem danos morais a empresa aérea por voo atrasado na pandemia

 por Joana Cunha
Justiça determinou que Gol pague indenizações que somam quase R$ 50 mil
Asa Afetado pela pandemia, o setor aéreo começa a encarar as reclamações judiciais dos passageiros que tiveram suas viagens prejudicadas pela paralisação dos voos no fim de março e agora pedem indenização por danos morais.

Pista O Tribunal de Justiça de SP determinou que a Gol pague cerca de R$ 15 mil a um cliente após atrasar seu voo em 48 horas sem oferecer hospedagem. Ela também foi condenada a indenizar, no total de R$ 24 mil, dois passageiros que ficaram sem acomodação após duas remarcações do mesmo voo. Cabe recurso.
Turbulência Para o advogado Leo Rosenbaum, do escritório Rosenbaum, os passageiros ficaram mais aterrorizados pela pandemia. A Gol não comenta os processos.
Fonte: Folha Online - 15/06/2020 e SOS Consumidor

Nenhum comentário:

Postar um comentário