quarta-feira, 17 de junho de 2020

COISAS DO PASSADO, POR ROBERTO RACHEWSKY


A liberdade de expressão e a privacidade são coisas do passado no Brasil.



O STF resolveu impor aquela que nos diziam ser a pior das tiranias, a ditadura do judiciário.



Pois amigos, se algum de vocês, como eu, achava que esse dia não chegaria, digo que ele chegou.



E tem mais, se alguém tiver seus direitos civis violados, se for preso, ameaçado, tiver a vida devassada sob qualquer pretexto fútil, uma palavra mal colocada, uma suscetibilidade ferida, não pense que um habeas corpus te livrará da chacina.



Quem está violando os direitos civis, suprimindo a liberdade de expressão, escancarando o que deveria ser privado é a aquele que deveria protegê-los.



Esse é o estado democrático de direito que vive de fato no Brasil. Não tem nada de estado de direito, não nada nem de direito, porque não há lei.



Vivemos na ditadura e duvido que venhamos a sair dela de forma pacífica.



Em tempos de pandemia, de black lives matter, de fora os judeus, de blackblocs pela democracia, de privilégio branco, de quebra-quebras, de vulgaridades e covardias, de aeroportos fechados, nem o aeroporto é a saída.



Teremos que enfrentar os tiranos nós mesmos porque se não formos nós, quem? Se não for aqui, onde? Se não for agora, quando?


Pontocritico.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário