terça-feira, 21 de junho de 2022

Inverno começa nesta terça com chuva forte, raios e granizo no Rio Grande do Sul

 


O primeiro dia do inverno, nesta terça-feira (21), deverá ser com chuva, raios e risco de temporais isolados no Rio Grande do Sul. Segundo a MetSul Meteorologia, a instabilidade será consequência do avanço de ar quente, trazido por uma corrente de jato (vento) nos baixos níveis da atmosfera e que, ao encontrar o ar frio sobre o território gaúcho, vai gerar uma frente quente com chuva.

Para o Norte gaúcho, modelos numéricos de previsão do tempo indicam temperatura de 16ºC para o final da terça, valor 7ºC maior do que era mostrado para o começo desta segunda.

A corrente de jato (vento) em baixos níveis da atmosfera, originada na Bolívia, vai avançar até a Metade Norte do Rio Grande do Sul e trará o ar mais quente em altitude que garantirá energia para formação de nuvens mais carregadas que trarão chuva localmente forte a intensa e ainda temporais de caráter localizado entre terça e quarta.

Chuva nesta terça

O tempo vira no Rio Grande do Sul durante esta terça-feira. A nebulosidade aumentará muito e o tempo vai se instabilizar com chuva no decorrer do dia. A mudança do tempo tem início na Metade Oeste ainda no começo da terça-feira e a instabilidade rapidamente avança para Leste até o período da manhã, tomando conta do território gaúcho.

Alerta-se para o alto risco de chuva localmente forte a torrencial com queda de raios e para a possibilidade elevada de queda isolada de granizo. Não podem ser descartados temporais em pontos localizados com vento muito forte.

Na quarta, o tempo segue instável. Muitas nuvens persistem sobre o Rio Grande do Sul e ainda chove em diversas regiões no decorrer do dia. Permanece o risco de chuva localmente forte com raios e ocasional queda isolada de granizo.

Na Metade Norte, entretanto, pela influência do ar mais quente trazido pela corrente de jato em baixos níveis, o sol pode aparecer com nuvens em parte do dia em diversas cidades com maior aquecimento. Gradualmente, porém, a frente passa de quente para fria à medida que ar mais frio avança de Sul.

Na quinta (23), muitas nuvens permanecem sobre as Metade Norte e Leste do Rio Grande do Sul com chance de chuva em diferentes pontos, mas a instabilidade não será generalizada como entre terça e quarta. A probabilidade maior de chover é no Norte gaúcho pela ação da agora frente fria.

Na sexta (24), a instabilidade persiste no Norte do Rio Grande do Sul enquanto na maior parte do Estado o sol aparece com nuvens. A chuva deve ter altos volumes em parte do Rio Grande do Sul com acumulados de 50 mm a 100 mm em diversos municípios gaúchos e com possibilidade de marcas mesmo de 100 mm a 150 mm de forma localizada (isoladamente superiores) em algumas áreas do interior, especialmente entre o Centro e o Norte gaúcho.

Grande Porto Alegre

Embora os modelos em sua maioria não indiquem volumes elevados para a Grande Porto Alegre, tal possibilidade não pode ser descartada. Há risco de chuva por vezes forte a intensa na Região Metropolitana da capital gaúcha nesta terça e ainda na quarta, especialmente na primeira metade do dia na quarta.

Risco de temporais

A instabilidade pode trazer ainda temporais isolados com ocorrências de raios. Não se prevê um cenário de tempo severo generalizado, e quaisquer ocorrências de temporais tendem a ser isoladas. Apesar de não se afastar vento forte localizado, o maior risco neste tipo sistema que atuará a partir desta terça é queda isolada de granizo. A região com maior possibilidade de tempestades isoladas inclui a Metade Norte gaúcha, o Oeste e o Meio-Oeste catarinense.

O Sul


Ministério da Saúde libera quarta dose da vacina contra a Covid-19 para pessoas a partir de 40 anos


Profissionais da saúde de 50 anos ou mais podem receber quarta dose contra a Covid-19 em Porto Alegre

Nenhum comentário:

Postar um comentário