segunda-feira, 21 de dezembro de 2020

O MAU RODRIGO MAIA E O BOM TARCÍSIO DE FREITAS

 SEM DÚVIDA

Se havia alguma dúvida de que a vontade e o propósito do obstinado Rodrigo Maia era de dar seguimento ao processo -PETISTA- de DESTRUIÇÃO ECONÔMICA do nosso empobrecido Brasil, este sentimento deu lugar à mais pura certeza. Isto ficou ainda mais transparente depois que o STF decidiu (5 ministros não sabem ler) que o claríssimo Artigo 57 da Constituição Federal segue valendo, ou seja, é vedada a reeleição de presidentes da Câmara e do Senado.


IDEÁRIO DA ESQUERDA

A partir daí, por tudo que se viu até agora, Maia não fez outra coisa senão cuidar da formação de um bloco de deputados dispostos a derrotar qualquer candidato que pretenda dar andamento às REFORMAS. E nesta busca incessante, Maia não titubeou: bateu nas portas do PT, PSOL, PSB, PDT e PCdoB, PV e REDE com o propósito de transparecer que os constantes atrasos quanto à tramitação das REFORMAS tem a ver com a simpatia que nutre pelo IDEÁRIO da ESQUERDA.


O MAU PRESIDENTE DA CÂMARA E O BOM MINISTRO DA INFRAESTRUTRA

Se, por um lado, Rodrigo Maia faz questão de mostrar que é um MAU E PERIGOSO LÍDER, por outro, Tarcísio de Freitas, para felicidade da Nação Brasileira, mostra o quanto é um BOM MINISTRO DA INFRAESTRUTURA. O incansável Tarcísio tem feito de tudo para poder cumprir a sua extensa agenda de inaugurações de OBRAS e/ou leilões de CONCESSÕES. Na última 6ª feira, 18, por exemplo, foi a vez do LEILÃO DE CONCESSÃO da RSC-287, rodovia que corta o Estado de leste a oeste da Grande Porto Alegre até a região Central. Entre as quatro propostas concorrentes, o consórcio Via Central venceu a disputa na Bolsa de Valores B3, em São Paulo, ao apresentar a menor proposta de tarifa de pedágio, no valor de R$ 3,36. Atenção: - O valor da tarifa está 54,41% abaixo do teto estipulado na licitação, cujo valor era de R$ 7,37, e surpreendeu positivamente os envolvidos desde o início na elaboração do projeto de concessão. Atualmente, a tarifa nos pedágios da RSC-287, administrados pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), é de R$ 7.


REFORÇAR O MARTELO

No seu discurso pós Leilão, Tarcísio de Freitas disse que diante da vasta agenda de Leilões de Concessões e Privatizações que já estão agendadas para os próximos meses será preciso REFORÇAR O MARTELO. Ou seja, com tantos LEILÕES, o martelo de madeira cujas TRÊS BATIDAS representam o sinal que define o resultado dos processos, resistirá, intacto, ao DOU-LHE UMA ou, se possível o DOU-LHE DUAS, mas dificilmente será capaz de resistir até o definitivo DOU-LHE TRÊS.





Pontocritico.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário