quarta-feira, 23 de dezembro de 2020

Biden nomeia Miguel Cardona como secretário de Educação

 Novo governo dos EUA deverá contar com três integrantes de origem latina




O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, nomeou nesta terça-feira Miguel Cardona como secretário de Educação, batendo o recorde de latinos no gabinete. "Em Miguel Cardona, os Estados Unidos terão um professor de escola pública experiente e dedicado", afirmou Biden, assinalando que o perfil do escolhido poderá ajudar a "abordar as desigualdades sistêmicas", lidar com a crise de saúde emocional entre os professores e garantir um ensino pré-escolar universal e de alta qualidade.

A Liga de Cidadãos Latinos Americanos (Lulac) comemorou a nomeação e cumprimentou Biden por cumprir a promessa de superar a cota de latinos dos governos de Bill Clinton, George W. Bush e Barack Obama. "A escolha de Miguel A. Cardona significa que temos agora a possibilidade de, pela primeira vez na História, três latinos estarem no gabinete", assinalou a organização.

A Associação Nacional de Funcionários Latinos Eleitos e Designados (Naleo) destacou que, como originário de Porto Rico, Cardona enfrentou dificuldade para aprender inglês na pré-escola e passou a maior parte de sua carreira trabalhando para eliminar o abismo entre os estudantes de minorias e os demais.

AFP e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário