sábado, 13 de abril de 2019

Toffoli delatado: o silêncio conivente da imprensa | Clic Noticias



Enquanto a notícia divulgada pela revista Crusoé nesta quinta-feira corre como fogo em pólvora nos grupos de WhatsApp, Facebook, Twitter e demais redes sociais, boa parte da imprensa brasileira faz de conta que não aconteceu.
Depois não querem conviver com o descrédito que assola parte das instituições brasileiras e a própria mídia.
Esta manhã quase nenhum dos grandes jornais brasileiros havia repercutido a matéria e a gravidade das informações que a compõem: a denúncia de que o presidente do STF, Dias Toffoli, está na lista de propinas da Odebrecht com o codinome: “amigo do amigo do meu pai”.
O Antagonista escreveu: “Até agora, porém, a imprensa está calada, assim como a PGR, embora Dias Toffoli, o ‘amigo do amigo’, possa julgar seu amigo Lula e o empreiteiro amigo de seu amigo, Emilio Odebrecht.”
Acordem!
Opinião Livre
Petrobras justifica manutenção de preço do diesel https://twitter.com/claudioedantas/status/1116841358122156033
Alguém pode me explicar pq o Mourão foi ouvido sobre um desabamento no RJ? O Vice agora é comentarista de qualquer assunto? Daqui a pouco vão pedir comentário futebolísticos ou sobre as amenidades da vida: https://twitter.com/sts_jose/status/1116699401563590656

Nenhum comentário:

Postar um comentário