quinta-feira, 17 de novembro de 2022

GUIA PRÁTICO: COMO QUEBRAR O PAÍS EM TEMPO RECORDE

 GUIA PRÁTICO

Desta vez, para desespero daqueles que apostavam forte no CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO do nosso país, o ex-presidente LulaLadrão, que só o TSE foi capaz de apontar como vencedor (??) da suspeitíssima eleição presidencial, de forma antecipada já está atendendo o que determina o GUIA PRÁTICO, elaborado cuidadosamente pelo FORO DE SÃO PAULO, que sumariza as infalíveis noções básicas que propõem -COMO QUEBRAR O PAÍS EM TEMPO RECORDE-. 


PROJETO INTERROMPIDO

Este procedimento, que difere do adotado no primeiro mandato do LulaLadrão (2003 a 2006) deixa transparecer que o IMPEACHMENT de Dilma apenas prorrogou a firme trajetória de implantação do PROJETO COMUNISTA no nosso país. Ou seja, tudo aquilo que estava em pleno andamento e/ou sendo exercitado até 2016, já está sendo retomado. Daí a razão para que Lulaladrão esteja muito FOCADO e PRONTO para recuperar o precioso tempo perdido.

SEM PARADA TÉCNICA

Considerando que nesta nova edição LulaLadrão está fortemente comprometido em -recuperar rapidamente o tempo perdido-, já é possível afirmar, e não suspeitar, que o BRASIL VAI QUEBAR EM TEMPO RECORDE. Desta vez não está prevista qualquer PARADA TÉCNICA para hidratação da economia e/ou enganar os mais ingênuos. LulaLadrão sabe, antes de tudo, que precisa cumprir a agenda de providências impostas pela CARTILHA DO FORO DE SÃO PAULO, para que dentro de poucos meses o Brasil esteja no mesmo nível que os países-membros já atingiram. 

JUNTA DITATORIAL?

O que ainda não está claro no nosso horizonte é quem passará a ocupar, a partir de 2023, o POSTO DE DITADOR DO BRASIL. Até agora, demonstrando enorme talento para tanto, o tirano-ministro Alexandre de Moraes não dá sinais de que está disposto a passar a faixa de DITADOR para LulaLadrão. Assim, não se descarta a possibilidade de que ambos resolvam formar uma JUNTA DITATORIAL com o propósito de fazer valer o ideário comunista latino-americano. A ver...

PRIME NEWS



CLUBE DE OPINIÃO RS CONDENA ATITUDE DO GOVERNADOR RANOLFO VIEIRA JR.



O Clube de Editores e Jornalistas de Opinião do Estado do Rio Grande do Sul, entidade apartidária, com 20 anos dedicados à defesa permanente da liberdade de imprensa e opinião, vem a público contestar a postura do governador Ranolfo Vieira Júnior que, em tempo recorde e sem precedente conhecido em outros estados, encaminhou uma lista com 21 nomes de patriotas gaúchos que supostamente estariam na liderança das manifestações democráticas em curso no entorno do QG do Comando Militar do Sul. A acusação imputada pode acarretar consequências graves aos nossos conterrâneos integrantes da lista e seu envio deveria merecer maior ponderação das autoridades policiais e do governo gaúcho.


É sabido que o presidente do TSE está determinado a punir criminalmente quem se recuse a aceitar os cerceamentos de liberdade que impõe ao conjunto da sociedade e tem inesgotável disposição de estragar a vida de quem o desagrade. Por isso, é reprovável cumprir pressurosamente sua determinação entregando, como se criminosos fossem, cidadãos que de modo ordeiro buscam proteção para suas liberdades.


Como se sabe, as manifestações atuais do povo brasileiro são de geração espontânea e não tem líderes. Nada mais representativo de uma expressão pura da democracia.


De modo contraditório à opção adotada pelo governo gaúcho, as manifestações em Porto Alegre são realizadas em área militar, protegidas pelo Exército em nome de sólidos valores constitucionais – liberdade de reunião e de expressão.


Ordens ilegais, senhor governador Ranolfo Vieira, não se cumprem. Todos sabemos como e onde acabam todos os que alegam o cumprimento cego de imposições ditatoriais.


Isto posto, este Clube de Opinião repele o envio da abominável lista, como também repele a nota emitida por agência do governo Ranolfo Vieira, que investe contra um dos nossos membros, no caso o jornalista Guilherme Baumhardt, que denuncia esta sequência de tropelias próprias de regimes autoritários e intoleráveis, para dizer o mínimo.


 


Porto Alegre, 16 de novembro de 2022


 


Fernando di Primio


Presidente


Pontocritico.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário