segunda-feira, 24 de outubro de 2022

Roberto Jefferson é indiciado por quatro tentativas de homicídio após atirar em policiais

 



Roberto Jefferson é indiciado por quatro tentativas de homicídio após atirar em policiais
O ex-deputado Roberto Jefferson foi indiciado pela Polícia Federal por quatro tentativas de homicídio após resistir à prisão com tiros de fuzil e granadas em sua casa no Rio de Janeiro. Inicialmente, Jefferson recebeu uma ordem de prisão do ministro do STF Alexandre de Moraes por descumprir a medida cautelar de prisão domiciliar de não participar de redes sociais. Ele resistiu e atirou em agentes da PF; dois ficaram feridos, e um novo mandado de prisão em flagrante foi emitido. Ele está preso no Presídio de Benfica e deve seguir para Bangu 8. O presidente Jair Bolsonaro (PL), que tem recebido apoio de Jefferson à sua campanha, chamou o aliado de “criminoso” e prestou solidariedade aos policiais que estavam na ação. A campanha de Lula (PT) deve usar a situação na propaganda eleitoral. Ex-presidente disse que ataque foi “aberração”. Grupos de policiais repudiaram ato de Jefferson.
Foto via @OGloboPolitica

Fonte: https://twitter.com/i/events/1584225614088663041

Nenhum comentário:

Postar um comentário