segunda-feira, 24 de outubro de 2022

Governos Lula e Dilma quebraram três fundos de pensão, diz Bolsonaro

 Presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro participa de sabatina da Record TV neste domingo



O presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, disse neste domingo que os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, ambos do PT, quebraram os fundos de pensão dos Correios, da Petrobras e da Caixa.

"Ele [Lula] nomeou para os respectivos fundos de pensão pessoas que na verdade eram bandidas. Ao longo dos governos Lula e Dilma saquearam os fundos e as pessoas estavam ameaçada a não ter aposentadoria."

Bolsonaro criticou a ausência de Lula no debate. Segundo ele, ao longo da campanha, ele não fez nenhum ataque mentiroso. "Quando o chamamos de descondenado, é verdade. Quando falamos que ele foi condenado e chefe de uma organização criminosa, é verdade. Quando falamos que o partido apoia ideologia de gênero, é verdade. Não mentimos. Não precisamos mentir para mostrar o caráter do fujão."

R7 e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário