segunda-feira, 24 de outubro de 2022

Bolsonaro incentiva voto no segundo turno: "Políticos não são todos iguais"

 Presidente e candidato à reeleição estimulou eleitores a não anular o voto no próximo dia 30 e disse que votar em Lula seria um erro



O presidente Jair Bolsonaro pediu aos eleitores que não deixem de votar no segundo turno das eleições. Durante discurso em uma igreja em São Paulo neste domingo, Bolsonaro pediu que as pessoas não deixem de escolher, mas defendeu que votar no candidato do PT, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, seria um erro.

"Muitos falam que os políticos são todos iguais, mas isso não é verdade.  Querem que isso pegue para estimular muitos a não votar, votar em branco, se abster. Não é verdade, e a história bem demonstra isso", afirmou Bolsonaro na live. "Seja quente ou seja frio, mas não seja morno", acrescentou.

"Nós somos escravos das nossas escolhas, e certas escolhas você não pode se arrepender no dia seguinte, porque não vai mudar em nada", frisou, ao se referir à decisão dos eleitores no próximo domingo.

Presidentes latinoamericanos

Bolsonaro comparou o ex-presidente Lula a governantes de esquerda em outros países latinoamericanos, como os da Argentina, da Bolívia e do Chile. "Se aprende com o erro, mas, no momento, não podemos errar de novo. Errar é humano, mas persistir no erro é suicídio", afirmou o presidente. Durante o discurso, o presidente Bolsonaro também afirmou que a sua reeleição é mais bem aceita recebida pelo mercado.

R7 e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário