terça-feira, 12 de julho de 2022

OS NOVOS VIRA-LATAS? - Gilberto Simões Pires

 PAÍSES DESENVOLVIDOS, OU D-7

Enquanto os noticiários econômicos mundo afora dão como certo que PAÍSES MAIS DESENVOLVIDOS devem passar por um período complicado, onde a RECESSÃO já dá sinais ameaçadores de que muito em breve estará mostrando suas temíveis e afiadas garras, boa parte dos PAÍSES EMERGENTES, ainda que saibam que ninguém está livre da encrenca -mundial-, seguem apresentando taxas positivas de crescimento econômico.


PAÍSES EMERGENTES, OU E-7

Mais do que sabido, os SETE PAÍSES MAIS DESENVOLVIDOS, ou de PRIMEIRO MUNDO - Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido- são aqueles que compõem o G-7. Aliás, considerando que são PAÍSES DESENVOLVIDOS, a sigla correta deveria ser D-7 e não G-7. Da mesa forma os SETE PAÍSES EMERGENTES -China, Índia, Brasil, Rússia, México, Indonésia e Turquia- compõem o E-7. Pois, para quem não sabe, o PESO RELATIVO DO -E7- na economia mundial já é maior do que o D-7, segundo estudos divulgados pela PWC.


BOLA DA VEZ

Pois, pelo que tenho lido e ouvido recentemente, o nosso Brasil, que além de integrar o E-7 também é sócio igualitário do BRICS -Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul - já está sendo observado, notado e até considerado como um país pronto e disposto a crescer e se desenvolver. Este tipo de observação dá a entender que se fizermos o tema de casa nas próximas eleições, o Brasil tem tudo para se confirmar que é a BOLA DA VEZ em termos de economia.


SETOR SERVIÇOS

A propósito, hoje cedo o IBGE divulgou que puxado por TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO e TRANSPORTE DE CARGA, o SETOR SERVIÇOS avançou 0,9% na passagem de abril para maio. Segundo dados da Pesquisa Mensal de Serviços é a terceira alta em quatro meses. Enquanto os analistas apontavam para uma alta de 0,2% no mês, o resultado veio bem acima do esperado. Mais: os economistas avaliam que o setor de serviços deve seguir sua trajetória de recuperação este ano, dado que foi o setor que mais sofreu ao longo da pandemia.


OS NOVOS VIRA-LATAS

Vale registrar também que a projeção do PIB brasileiro para este ano -2022- aponta, para uma alta que vai de 1,7% a 2%. Ainda que seja uma projeção discreta, o fato é que a colheita do LOCKDOWN e, mais recentemente, dos efeitos da guerra entre Rússia e Ucrânia, o desempenho da economia brasileira dá uma boa impressão de que o COMPLEXO DE VIRA-LATA mudou de endereço: foi morar em países que -outrora- faziam parte do encantado PRIMEIRO MUNDO. Que tal?


PRIME NEWS



TUDO FÁCIL



A AIRAZ, administradora dos shoppings centers e galerias comerciais do Grupo Zaffari, entregou ao Governo do Estado a área onde será instalada a Unidade de Atendimento do Tudo Fácil no Bourbon Shopping Wallig. Após preparação do local por parte da gestora do shopping, o Governo fará a finalização do espaço que ocupa 454m² do terceiro andar do empreendimento, com montagem dos móveis, instalação dos equipamentos e contratação de pessoal, entre outras providências. O início das operações está previsto para os próximos meses.


O Tudo Fácil POA Zona Norte irá oferecer serviços estaduais para 13 bairros da Zona Norte da Capital, além de cidades da Região Metropolitana como Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Gravataí e Guaíba. No local, a população poderá ter acesso a cerca de 35 serviços presenciais, como a confecção da primeira e segunda via da carteira de identidade e CPF, serviços do DetranRS, além de mais de 500 serviços digitais acessados pelo portal rs.gov.br.


 


 


PRÊMIO EXPORTAÇÃO


O Conselho do Prêmio Exportação RS reconhecerá 67 empresas na histórica 50ª edição. O número é o maior da história do mérito, superando as 63 que receberam a distinção no ano passado. A cerimônia de premiação das organizações que obtiveram desempenho destaque no cenário exportador será realizada no dia 11 de agosto, na Casa NTX, em Porto Alegre (RS). Na oportunidade serão entregues também a Distinção Especial de Exportador Diamante, por conquistar dez edições, para a CMPC, e também a Distinção Especial de Exportador Ouro, por vencer cinco vezes, para a Docile, Kuehne Nagel Serviços Logísticos, Rasip, Fante Bebidas, Sena Madeiras, FCC e Maria Pavan.


Em 2022, o Prêmio Exportação RS, um dos principais eventos do segmento no Brasil, completa 50 anos distinguindo empresas que obtiveram os melhores resultados mercadológicos e desenvolveram estratégias inovadoras para expor e comercializar produtos no mercado internacional. Ao todo são mais de 700 empresas reconhecidas pela atuação de destaque com exportações e diferentes segmentos de mercado neste período.


Pontocritico.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário