quarta-feira, 6 de julho de 2022

Obras do Parque da Orla são oficialmente lançadas em Porto Alegre

 Complexo turístico está na primeira das quatro fases de construção previstas pela concessionária GAM3 Parks



Um investimento inicial de R$ 281,1 milhões para criar o maior complexo temático turístico das capitais do Brasil: o Parque da Orla, em Porto Alegre. Este é o aporte da GAM3 Parks, concessionária responsável pela revitalização e administração do Harmonia e do Trecho 1 da Orla do Guaíba, área que congrega 250 mil metros quadrados. O lançamento da pedra fundamental que marca o início das obras desse empreendimento  aconteceu na noite desta terça-feira, na Casa do Gaúcho, no Parque  Harmonia. O projeto pretende galgar para a Capital uma nova posição no turismo nacional e internacional. A entrega está prevista para 2027. O contrato de concessão é de 35 anos, renovável pelo mesmo período.

O diretor de negócios da GAM3 Parks, Vinicius Garcia, explicou que o investimento inicial pode ampliar  para 350 milhões para colocar em operação as mais de 20 operações gastronômicas,  com vilas temáticas, como  alemã e italiana, a nova churrascaria e  o centro de eventos. A execução está organizada em quatro etapas. “Estamos na fase 1 com obras na Casa do Gaúcho, na nova churrascaria e na área nova de grandes eventos, cuja entrega deve acontecer em setembro do ano que vem, e deve custar  R$25 milhões”, disse. O calendário estima que a fase 2 deve ficar pronta em setembro de  2024, com custo de R$ 15 milhões,  a fase 3, em setembro  de 2026, com custo de R$ 41 milhões,  e a fase 4 em setembro de  2027, com custo de  R$13 milhões. “É um projeto audacioso, de valorização da cultura e da história do povo, que deve devolver à prefeitura de 1% a 3% do faturamento anual do parque”, antecipou.

Os tradicionalistas não precisam se preocupar.A concessionária seguirá realizando os eventos contemplados em editais, como o Acampamento Farroupilha. Garcia enfatiza que a pretensão é  abocanhar a parcela de turistas que chega ao Estado e, normalmente, sobe para as cidades da serra gaúcha, cerca de 70%, número que  motiva o empreendimento. “Segundo a Fraport, o potencial de público é de 11,2 milhões de passageiros”, afirma.

O vice-prefeito de Porto Alegre, Ricardo Gomes, ressaltou que se trata da apresentação de um projeto bastante completo e importante para a cidade, com uma temática diferente. “Nós temos nove parques na cidade, que são de contemplação, de lazer e esse é um parque destinado a eventos, atividades culturais, atividades gastronômicas, educativas, que vem com essa parceria,contando com essa transformação para se somar à redescoberta da Orla do Guaíba”, disse.   A projeção é de que cerca de 5 milhões de pessoas ao ano, poderão usufruir de todas essas atrações nos 25  hectares do Parque da Orla. O ingresso para acessar o Parque da Orla não será cobrado, somente para as atrações. 

Conheça os detalhes das 4 etapas do Parque da Orla

FASE 1
Previsão: setembro de 2023
Investimento de R$ 25 milhões
Abertura ao público da roda-gigante de 66 metros de altura com vista privilegiada para o pôr do sol do Guaíba; entrega da Praça da Harmonia com 12 operações comerciais; estação de trem; pórtico de acesso; a nova churrascaria; Vila Italiana com 7 operações comerciais; Vila Alemã com 3 operações comerciais; praça dos imigrantes; labirinto.
Nessa fase também terá a entrega da Casa do Gaúcho, tradicional casa de eventos de Porto Alegre, que será  remodelada e abrigará eventos para até 3500 pessoas.

FASE 2
Previsão: setembro de 2024
Investimento de R$15 milhões
Mirante; pórtico e passarela de acesso (que liga o trecho 1 da orla ao  Parque Harmonia); montanha russa e brinquedos de diversão; praças folclóricas; mais 3 operações comerciais na Vila Alemã; novas operações gastronômicas.

FASE 3
Previsão: setembro de 2026
Investimento de R$ 41 milhões
Parque Terra dos Dinossauros que contará a história dos dinossauros do triássico, os primeiros a habitarem o mundo e em terras gaúchas, com certificação do Guinness Book; arena de rodeios; área das churrasqueiras; estacionamento modernizado e automatizado; recanto da erva mate; obra temática alusiva ao Salto do Yucumã, a maior queda longitudinal do mundo, abrigando também restaurantes com terraço e vista para o Guaíba; espaço do Amanhã, especial ao empreendedor (movie experience, cine 7D), pontos comerciais temáticos e atrações na Orla, como: bumper boat, barquinhos de controle remoto, poitas, tela d´água, águas dançantes e show de drones.

FASE 4
Previsão: setembro de 2027
Investimento de R$13 milhões
Finalização e consolidação do projeto, com a entrega de oito operações no Parque Harmonia, que será um local para megaeventos.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário