quinta-feira, 14 de julho de 2022

Lula e Alckmin são recebidos pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco

 


O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), recebeu na sua residência oficial, em Brasília, o pré-candidato do PT à Presidência, Luiz Inácio Lula da Silva. O encontro foi realizado na quarta-feira (13), no horário do almoço.

O pré-candidato a vice-presidente na chapa de Lula, Geraldo Alckmin, e parlamentares também participaram da reunião. Segundo o líder do PT no Senado, Paulo Rocha (PA), a intenção do encontro foi promover uma “conversa institucional” entre Pacheco e Lula.

Ao deixar a reunião, Rocha destacou que Lula “insistiu” sobre a necessidade de se garantir o pleno funcionamento das instituições e do processo eleitoral. “Foi mais em torno das preocupações do Lula. Lula colocou a preocupação com o processo eleitoral, mas também sobre o funcionamento das instituições, papel das Forças Armadas, do Supremo e do Senado. Lula insistiu muito nisso, no funcionamento das instituições”, disse o senador.

Segundo ele, Pacheco se comprometeu a “fazer funcionar as eleições com o devido processo democrático”.

O senador Jean Paul Prates (PT-RN) afirmou que Pacheco avaliou medidas para evitar que casos de violência política cresçam durante o processo eleitoral e que narrativas sobre uma “pseudo fraude nas eleições” não prosperem.

Pacheco ainda não anunciou qual candidato apoiará na disputa presidencial. Ele chegou a figurar como pré-candidato do PSD à Presidência, mas recuou da candidatura.

O presidente do Senado classificou o encontro com Lula como algo “natural”. “Qualquer ex-presidente da República que queira se encontrar com o presidente do Senado, é minha obrigação receber. Então, considero que é algo muito natural. Receberei qualquer bancada que deseje ter esse encontro com a presidência do Senado”, afirmou.

O Sul

Nenhum comentário:

Postar um comentário