quarta-feira, 6 de julho de 2022

Em noite épica, Inter reverte placar, goleia por 4 a 1 o Colo-Colo e avança de fase na Sul-Americana

 


Com o Beira-Rio lotado, o Inter venceu o Colo-Colo na noite desta terça-feira (5), por 4 a 1, e avançou para as quartas de final da Copa Sul-Americana. Em uma virada histórica, Alan Patrick, Edenilson, Alemão e Pedro Herique foram os autores dos gols que garantiram a classificação do Colorado para a próxima fase da competição.

A equipe comandada pelo técnico Mano Menezes viu o time chileno abrir o placar logo aos 15 minutos do primeiro tempo em pênalti cobrado por Gabriel Costa. Porém, o Colorado conseguiu a virada ainda antes do intervalo, graças aos gols de Alan Patrick, aos 28, e de Edenílson, aos 31. Com a vantagem construída no primeiro tempo, o Inter conseguiu marcar mais duas vezes na etapa final, com Alemão, aos 14 minutos, e com Pedro Henrique, aos 28.

Na partida de ida, disputada no Chile, o Inter havia perdido de 2 a 0 para o time adversário. Com o resultado, o Colorado precisava de uma vitória por dois gols de diferença para levar a decisão para os pênaltis ou por três ou mais gols para garantir a classificação às quartas de final da Sul-Americana no tempo normal. Com o apoio de cerca de 40 mil torcedores nesta terça, o time gaúcho goleou o Colo-Colo e reverteu a desvantagem do primeiro jogo.

Agora, a equipe brasileira terá pela frente, na próxima fase da Copa Sul-Americana, o vencedor do confronto entre Melgar e Deportivo Cali, por outra chave das oitavas de final. A partida será nesta quarta-feira (6), às 21h30min. No primeiro duelo, na casa do Cali, o placar terminou em 0 a 0.

Pelo Brasileirão, o time de Mano Menezes voltará a campo no dia 11, às 20h, no Beira-Rio, contra o América-MG. Na competição nacional, o Colorado luta para entrar na zona de acesso à Libertadores.

O jogo

A primeira etapa da partida foi bastante movimentada e, aos 15 minutos de bola rolando, a equipe visitante conseguiu abrir o placar. O goleiro Daniel fez falta em Lucero dentro da área e o pênalti foi marcado. Na cobrança, Gabriel Costa marcou para o Colo-Colo.

O elenco do Inter não se abateu e logo conseguiu o empate. Aos 28min, Alan Patrick aproveitou uma sobra da zaga chilena, ajeitou a bola e bateu forte, e anulou as chances de defesa do goleiro Cortés.

Logo depois, o Colorado conseguiu a virada, para ficar a um gol de distância no agregado. Aos 31min, após uma bela troca de passes, Moisés, com a posse da bola, fez o cruzamento pelo lado esquerdo. A zaga até afastou, mas nos pés de Edenílson, que bateu no canto. Inter 2 a 1.

Já no segundo tempo, a equipe gaúcha voltou com força em busca do gol que daria a igualdade no placar agregado. E a finalização não demorou a sair. Aos 13min, Taison chutou de longe e o goleiro mandou para escanteio. Na cobrança, Edenílson cobrou fechado para Alemão, que mandou a bola para dentro das redes.

O quarto gol do Inter veio aos 28 minutos. Do campo de defesa, Bustos fez um ótimo lançamento para Pedro Henrique, que partiu livre, de frente para o goleiro. No cara a cara, mandou no canto para finalizar. Inter, 4, Colo-Colo, 1. Virada histórica e vaga garantida nas quartas de final da Sul-Americana.

Ficha técnica

– Internacional: Daniel; Bustos (Kaique), Mercado, Vitão e Moisés; Gabriel, De Pena, Edenilson, Pedro Henrique (Mauricio) e Alan Patrick (Taison); Alemão (David). Técnico: Mano Menezes.

– Colo-Colo: Cortés; Opazo, Falcón, Zaldivia (Bouzat) e Suazo; Pizarro (Gutiérrez), Pávez, Solari (Bolados), Leonardo Gil (Oroz) e Gabriel Costa; Lucero. Técnico: Gustavo Quinteros.

– Arbitragem: Dario Herrera (ARG), auxiliado por Gabriel Chade e Maximiliano Del Yesso (ambos argentinos). VAR: Mauro Vigiliano (ARG).

O Sul

Nenhum comentário:

Postar um comentário