sexta-feira, 15 de julho de 2022

“É absurdo querer proibir o uso da bandeira do Brasil sob justificativa eleitoral”, diz Bolsonaro

 


O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que é um “absurdo” querer proibir o uso da bandeira do Brasil durante a campanha eleitoral.

“É absurdo querer proibir o uso da bandeira do Brasil sob justificativa eleitoral. Não tenho culpa se resgatamos os valores e símbolos nacionais que a esquerda abandonou para dar lugar a bandeiras vermelhas, a internacional socialista e pautas como aborto e liberação de drogas”, afirmou Bolsonaro nas redes sociais, na quinta-feira (14).

Ele deu a declaração após a juíza gaúcha Ana Lúcia Todeschini Martinez afirmar entender que a bandeira do Brasil vai configurar propaganda eleitoral a partir do início oficial da campanha, em 16 de agosto.

Segundo a magistrada, da 141ª Zona Eleitoral de Santo Antônio das Missões e de Garruchos, a bandeira nacional se tornou marca de “um lado da política” no País.

As declarações da juíza causaram grande repercussão entre os apoiadores do presidente da República, que concorrerá à reeleição nas eleições de outubro.

O Sul

Nenhum comentário:

Postar um comentário