quinta-feira, 14 de julho de 2022

Audiência pública que debateria ponte binária entre Tramandaí e Imbé é adiada

 Público que compareceu foi muito superior à capacidade do espaço


A audiência pública prevista para ocorrer na quarta-feira, na Câmara de Vereadores de Tramandaí, foi adiada devido ao grande número de interessados que compareceram e não puderam ter acesso ao local, que tinha capacidade inferior ao volume de pessoas presentes. A audiência foi requisitada pelo Fórum da Pesca do Litoral Norte à Assembleia Legislativa, por meio da Comissão de Economia, Desenvolvimento e Turismo e debateria os impactos ambientais e a pesca cooperativa diante da construção de uma ponte binária entre os municípios de Imbé e Tramandaí, próxima à barra do Rio Tramandaí.

Por volta das 18h, as dependências da Câmara de Vereadores já estavam lotadas e muitas pessoas foram impedidas de entrar. Segundo os organizadores, cerca de 500 pessoas foram à Câmara de Vereadores para acompanhar a audiência. No entanto, o plenário comporta 150 pessoas aproximadamente. A Brigada Militar esteve no local para evitar possíveis confrontos diante dessa situação.

O presidente da Comissão, deputado estadual Zé Nunes, em conjunto com a plateia e componentes da mesa, achou melhor adiar a audiência para dar oportunidade a todos de participarem. Uma nova data e local devem ser divulgados nos próximos dias. O presidente do Legislativo de Tramandaí, vereador Geraldo dos Santos disse que o CTG Gaúcho Litorâneo se colocou à disposição para sediar o novo encontro. A capacidade do local é de mais de mil pessoas.


Correio do Povo


Flamengo domina o Atlético-MG, sob comando de Arrascaeta e avança na Copa do Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário