terça-feira, 14 de junho de 2022

Sem concurso, Banco Central readmite servidores aposentados

 BC deve reverter aposentadoria de técnicos, analistas e procuradores para diminuir a pressão do déficit de pessoal



Sem previsão para realizar um novo concurso público, o Banco Central vai readmitir servidores aposentados em três cargos. A medida foi publicada no Diário Oficial da União deste segunda-feira (13). Segundo o Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal), o órgão tem mais de 1.400 vacâncias.

A medida publicada pela Diretora de Administração do banco detalha que podem voltar às atividades sete servidores no cargo de analista, dois no cargo de procurador e três no cargo de técnico. A portaria já está em vigor e informa que as vagas devem ser preenchidas por servidores que estejam aposentados há pelo menos um ano e no máximo há cinco anos. 

O último concurso para o Banco Central aconteceu em 2013, com 500 vagas para técnicos e analistas. Na época, a banca organizadora responsável pelo concurso foi o Cebraspe (Cespe/UnB), e os concorrentes foram avaliados por prova objetiva sobre conhecimentos básicos, específicos e avaliação de títulos.

As provas foram aplicadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Belém, Fortaleza, Recife e Salvador. Os aprovados tiveram de ser submetidos a um programa de capacitação para assumir os cargos.

Concursos autorizados

Nesta segunda-feira (13) o governo autorizou a abertura de concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e Receita Federal. Para o INSS, foram autorizadas 1.000 vagas para o cargo de técnico do seguro social. Na Receita Federal, serão 699 vagas para auditor e analista tributário. O prazo para publicação dos editais das provas é de seis meses.

R7 e Correio do Povo


Benfica anuncia acordo com Liverpool para ceder uruguaio Darwin Núñez

Nenhum comentário:

Postar um comentário