domingo, 12 de junho de 2022

Quadrilha do “golpe do empréstimo consignado” é alvo de ação na Região Metropolitana de Porto Alegre

 De acordo com policiais civis catarinenses, um suspeito foi preso e outros cinco estão foragidos



Uma organização criminosa voltada à prática de crimes de estelionato e lavagem de dinheiro, com o “golpe do empréstimo consignado”, foi alvo de uma operação essa semana da Polícia Civil de Santa Catarina no Rio Grande do Sul. A ação ocorreu na Região Metropolitana de Porto Alegre, onde um suspeito foi preso temporariamente e um veículo restou apreendido. Outros cinco golpistas estão foragidos.

A investigação é da Delegacia de Polícia do Continente, de Florianópolis. O trabalho policial começou após uma idosa da capital catarinense sofrer prejuízo financeiro de R$ 83 mil em 2021. Conforme apurado, os suspeitos se utilizavam de empresas de fachada para atuar como correspondentes bancários com o objetivo de identificar potenciais vítimas que já possuíam empréstimos consignados.

Por meio de contato telefônico e WhatsApp, os criminosos ofereciam a portabilidade dos créditos para outro banco com taxas reduzidas. Ao ser induzida, a vítima autorizava a transação e o dinheiro caía na conta. Logo após, o valor era repassado às pessoas jurídicas abertas pelos golpistas sob o pretexto de quitação da dívida original.

Após as provas produzidas, a prisão temporária de seis suspeitos e mandados de busca e apreensão domiciliar foram deferidos, juntamente com o sequestro judicial de bens e valores dos investigados até o limite total de R$ 1,8 milhão e de dois veículos, ambos Kia Sportage. Vítimas em todo o país já foram identificadas.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário