domingo, 12 de junho de 2022

Inter decide em ataques rápidos e vence o Flamengo por 3 a 1

 Colorado deixou a bola com os rivais, mas foi decisivo nas definições para chegar ao terceiro lugar



O Inter levou sustos, foi pressionado pelo Flamengo, mas mostrou eficiência para vencer, neste sábado, no Beira-Rio. O Colorado contou com dois gols em jogadas rápidas, segurou as pontas no segundo tempo e garantiu o 3 a 1 com um pênalti no fim da noite gelada de Porto Alegre.

Com o resultado, chega a 18 pontos e sobe para o terceiro lugar no campeonato. O Mengão estaciona em 12 e sofre forte ameaça da zona do rebaixamento. Na próxima rodada, quarta-feira, o Inter enfrenta o Goiás, fora de casa às 20h30min. O Flamengo encara o Cuiabá, no mesmo dia no Maracanã.

Plano certeiro

O plano de Mano Menezes para voltar a vencer no Beira-Rio arrancou de maneira perfeita. Antes do cronômetro virar o primeiro minuto, Wanderson liberava o grito de gol da torcida. O tento veio em alta velocidade, na grande combinação entre Bustos e Alan Patrick. Ele tirou dois marcadores e abriu para o lateral. Veio o cruzamento e Wanderson chutou de primeira. A bola saiu esquisita, mas pegou o goleiro no contrapé e foi morrer no fundo das redes.

A partir daí, a tática foi clara. O  Colorado fez o gol relâmpago e deixou a redonda com o Flamengo. Desorganizado com seu técnico novo, o time carioca pressionou a saída de bola, mas pouco conseguiu criar nos primeiros 20 minutos.

As principais tentativas foram na bola parada, jogando para a área. Aos 8, Gabigol ganhou rebote e centralizou na marca penal. Bustos tirou e Willian Arão emendou de primeira o rebote. Passou perto do travessão.

A transição colorada seguiu transtornando a marcação dos cariocas. Aos 15, Gabriel roubou bola no meio, Wanderson recuperou e acionou o próprio Gabriel correndo na área. Ele chutou forte, mas a bola passou raspando o poste direito. A receita estava pronta para ampliar o placar.

Aos 21, um raro e bizarro erro de Everton Ribeiro. Num passe curto, ele deu no pé de Alan Patrick. O meia agradeceu e acionou David. O atacante olhou para a área e fez a assistência. Wanderson recebeu com dois marcadores à frente, mas cortou para o lado e chutou cruzado. Diego Alves apenas olhou a bola passar zunindo no canto direito para o 2 a 0.

Remontada flamenguista

O Flamengo melhorou e criou suas melhores chances a partir daí. Aos 39, a torcida colorada prendeu a respiração até a trave evitar um golaço de Bruno Henrique. Ele foi lançado em contra-ataque e tocou por cobertura na saída de Daniel. Talvez um leve sopro do gélido ar no Beira-Rio tenha sido suficiente para a trajetória ser o poste direito e não as redes. Gabigol ainda recuperou e tentou o chute sem goleiro. Com pouco ângulo, mandou para fora. Boa vantagem do Inter na virada do apito.

Dorival Júnior tentou mudar as coisas com Marinho no lugar de Thiago Maia. O que se viu, quando a bola rolou, foi outro lance relâmpago do Inter. David limpou dois marcadores e invadiu a área. Tinha a linha de frente para o gol, apesar do ângulo desfavorável. Devia ter tentado, mas fez a assistência para Dourado. A zaga chegou para bloquear quando ele cutucava para o gol.

Depois da estocada do Inter, porém, o Flamengo mandou no jogo. Aos 2 minutos, Everton Ribeiro cruzou na área, Marinho emendou de primeira, mas mandou para fora. Na pressão quase insuportável, Mercado foi perto de heróico aos 10 minutos, Primeiro, Bruno Henrique foi lançado na área por Everton. Ele centralizou de primeira para Gabigol. O artilheiro chutou para se consagrar, mas o argentino salvou em cima da linha. Logo em seguida, Arão foi lançado na cara do gol, mas Mercado se atirou como um gato na frente da bola para evitar o lance.

Só que o Inter estacionou e a pressão foi demais. Aos 12 minutos, Willian Arão roubou bola e lançou Bruno Henrique. Ele cruzou de primeira e, também de prima Andreas mandou de chapa no canto esquerdo. Gol para adicionar tensão no jogo com o 2 a 1.

Mano Menezes reagiu imediatamente com troca tripla. Taison entrou no lugar de Wanderson. Alemão substituiu Alan Patrick e Johnny foi para o lugar de Dourado.

A partida se equilibrou um pouco, mas seguiram os cariocas com mais ação. Aos 22, Matheuzinho chuveirou na área e Bruno Henrique cabeceou para boa defesa de Daniel.

Pressão até o fim

O Colorado respondeu aos 28. Johnny recebeu na meia-lua, usou o corpo e acionou Alemão. Na cara do gol, ele chutou forte, mas em cima do goleiro. Aí, foi a vez de Taison perder gol incrível. Pedro Henrique fez grande tabela com Alemão e serviu o colega com carinho. Com o gol aberto, ele bateu de canela e isolou.

Antes do apito final, alguma emoção. Primeiro, Gabigol tentou o voleio na ajeitada de cabeça de Pedro. Mas espanou. Depois, Pedro Henrique foi acionado nas costas da zaga. Ele lutou pela bola foi puxado, desabando dentro da zona penal. O juiz marcou e ele mesmo bateu. A bola saiu firme, no canto direito. Diego Alves saltou no lado oposto e a festa estava completa com o 3 a 1 no Beira-Rio.

Brasileirão - 11ª rodada

 

Inter 3

Daniel; Bustos (Rodrigo Moledo), Vitão, Mercado e Renê; Rodrigo Dourado (Johnny), Gabriel, Carlos de Pena e Alan Patrick (Alemão); Wanderson (Taison) e David (Pedro Henrique). Técnico: Mano Menezes.

Flamengo 1

Diego Alves; Matheuzinho, Rodrigo Caio, David Luiz e Filipe Luís (Ayrton Lucas); Willian Arão (Pedro), Andreas Pereira, Thiago Maia (Marinho) e Everton Ribeiro (Diego); Bruno Henrique e Gabriel. Técnico: Dorival Junior.

Gols: Wanderson (46s/1ºT e 21min/1ºT) e Pedro Henrique (46min/2ºT), para o Inter; Andreas Pereira (12min/2ºT), para o Flamengo.

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC).

Cartões amarelos: Matheuzinho e Marinho (F); Carlos de Pena, Bustos e Taison (I).

Público: 19.273 pagantes (22.392 total)

 

Local: Beira-Rio.

Correio do Povo


Mega-Sena acumulada de R$ 42 milhões é sorteada; veja os números


Frio intenso segue no RS neste domingo


Wanderson comemora "decisões rápidas" do Inter contra o Flamengo

Mano Menezes vê Inter com confiança e sabendo "conviver com dificuldades"


São Paulo confirma segundo caso de varíola do macaco no Brasil


Órgão internacional solicita que Brasil redobre esforços na busca por indigenista e jornalista


Juventude pouco inspirado perde para o Corinthians por 2 a 0


Lojas do Centro registram movimento na véspera do Dia dos Namorados


Conversas e articulações sobre cenário eleitoral no RS marcarão o fim de semana


Fachin responde Ministério da Defesa e diz que TSE acolheu 10 sugestões das Forças Armadas


Dois corpos em decomposição são encontrados em bairro de Viamão



Circuito Urbano conta com simuladores de capotamento e de acidente em Porto Alegre



Bolsonaro diz que convidou Trump para encontro antes das eleições


Quadrilha do “golpe do empréstimo consignado” é alvo de ação na Região Metropolitana de Porto Alegre


Presidente participa de motociata com apoiadores nos Estados Unidos


Voluntários atendem animais em situação de rua gratuitamente em Porto Alegre


Red Bull Bragantino segura empate e deixa Cuiabá na zona de rebaixamento


Fux diz que anulação de processos da Lava Jato foi 'formal': "Ocorreu corrupção"


Com um a menos, Santos empata com o Atlético-MG com pênalti assinalado pelo VAR



Projeto transforma casca de arroz em vidro


Grêmio deve aumentar proposta para Lucas Leiva e confia em desfecho positivo na negociação


Livro lançado neste sábado conta histórias de esculturas públicas de Porto Alegre



Missão Gaia apresentará um novo mapa da Via Láctea


Oito ararinhas-azuis são soltas com sucesso em área de preservação na Bahia



Nenhum comentário:

Postar um comentário