terça-feira, 21 de junho de 2022

Famoso restaurante flutuante de Hong Kong afunda no Mar da China Meridional

 Jumbo, antiga atração turística, virou perto das Ilhas Paracel no domingo depois de "encontrar condições adversas"



O restaurante flutuante Jumbo, uma antiga atração turística de Hong Kong, afundou no Mar da China Meridional apenas uma semana depois de deixar o centro financeiro internacional, disse sua empresa proprietária nesta segunda-feira. O gigante flutuante de 76 metros de comprimento e capacidade para 2.300 convidados virou perto das Ilhas Paracel no domingo depois de "encontrar condições adversas" e começou a tomar água, disse o grupo Aberdeen Restaurant Enterprises em comunicado.

"A profundidade da água no local é de cerca de 1.000 metros, tornando extremamente difícil realizar o trabalho de resgate", informou a empresa, observando que estava "muito triste com o incidente" em que nenhum dos tripulantes ficou ferido.

O icônico restaurante, projetado como um palácio imperial chinês, apareceu em vários filmes de Hollywood e recebeu clientes ilustres como a rainha Elizabeth II e o ator Tom Cruise. No entanto, o estabelecimento fechou em março de 2020 devido à pandemia de covid-19, que deu o golpe de misericórdia após quase uma década de prejuízos acumulados no valor de 12,7 milhões de dólares.

Seus últimos operadores, Melco International Development, anunciaram no mês passado que, devido ao vencimento de sua licença, o Jumbo deixaria Hong Kong e aguardaria um novo operador em local não especificado. O restaurante, inaugurado em 1976, foi embora de Hong Kong na terça-feira, deixando um misto de pesar e nostalgia entre os moradores desta cidade, cujo status de centro internacional de negócios está ameaçado pela gestão restritiva da pandemia e pela repressão à dissidência.

AFP e Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário