sexta-feira, 17 de junho de 2022

Auxílio-gás de 53 reais começa a ser pago nesta sexta pela Caixa Federal

 


A Caixa Econômica Federal (CEF) inicia nesta sexta-feira (17) o pagamento da parcela de auxílio-gás para as famílias beneficiadas em todo o País. O valor de R$ 53 será depositado junto com o Auxílio Brasil e pode ser consultado no aplicativo da Caixa Tem. Os primeiros a receber são os beneficiários com final 1 no Número de Identificação Social (NIS), de acordo com o calendário da Caixa.

De acordo com o Ministério da Cidadania, 5,68 milhões de famílias serão contempladas pelo vale-gás em junho, a partir de um repasse de R$ 301,2 milhões. A parcela anterior, paga no mês de abril, foi de R$ 51 e atendeu 5,39 milhões de famílias. Desta vez, os pagamentos serão feitos até o dia 30 de junho.

O valor estipulado para o auxílio-gás é definido de acordo com o preço nacional do botijão de 13 quilos de gás liquefeito de petróleo (GLP) nos últimos seis meses, com base em levantamento da Agência Nacional de Gás, Petróleo e Biocombustíveis (ANP). De acordo com o Ministério da Cidadania, o vale-gás corresponde a 50% da média do preço do botijão.

O benefício é concedido a cada dois meses e será depositado na conta junto com o Auxílio Brasil, conforme o NIS. O saque pode ser feito com o cartão social, pelo aplicativo Caixa Tem, para aqueles que possuem a poupança social da Caixa, ou pela poupança fácil que o banco abre em nome do cidadão.

Para receber o vale-gás, não é necessário inscrição no programa. O Ministério da Cidadania seleciona os beneficiários de acordo com os seguintes critérios:

— Famílias inscritas no Cadastro Único com renda per capita menor ou igual a meio salário mínimo;

— Integrantes do Benefício de Prestação Continuada (BPC);

— Mulheres chefes de família e vítimas de violência têm prioridade para receber o benefício.

O recebimento de outros auxílios não é impedimento para o auxílio-gás, afirmou a Cidadania.

Auxílio Brasil

Também nesta sexta, as parcelas do Auxílio Brasil referentes ao mês de junho começarão a ser pagas. Os primeiros beneficiários são os com NIS final 1. Os demais vão receber as suas parcelas até o dia 30.

Em maio, o tíquete médio do benefício foi de R$ 409. Ao todo, foram pagos R$ 7,3 bilhões a 18,1 milhões de famílias, segundo o Ministério da Cidadania. O número foi um pouco maior do que o pago em abril, quando 18,06 milhões de famílias foram atendidas pelo programa, totalizando recursos de R$ 7,4 bilhões.

O benefício é destinado a famílias em situação de extrema pobreza. Famílias em situação de pobreza também podem receber desde que tenham, entre seus membros, gestantes ou pessoas com menos de 21 anos.

As famílias em situação de extrema pobreza são aquelas que possuem renda familiar mensal per capita de até R$ 105. As em situação de pobreza têm renda familiar mensal per capita entre R$ 105,01 e R$ 210.

No início de maio, o Senado aprovou medida provisória que torna permanente o valor mínimo de R$ 400 para o Auxílio Brasil.

O Sul

Nenhum comentário:

Postar um comentário