sexta-feira, 27 de maio de 2022

Presidente da Ucrânia afirma que dialogar com Vladimir Putin é o caminho para terminar a guerra

 


O governo da Ucrânia deve “encarar a realidade” e sentar para dialogar com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou nesta sexta-feira (27) o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky.

Zelensky disse que um diálogo entre os dois líderes será necessário para colocar fim à guerra. “Há pontos a discutir com o líder russo. Eu não estou dizendo a vocês que meu povo está ansiando debater com o líder russo, mas temos que encarar a realidade do que estamos vivendo”, declarou o líder ucraniano durante um pronunciamento.

Zelensky deu a entender que buscará um encontro com Putin. “O que queremos com essa reunião? Queremos nossa vida de volta, queremos recuperar a vida de um país soberano dentro de seu próprio território”, acrescentou.

Já o governo da Rússia não confirmou haver diálogos para um encontro entre os presidentes dos dois países e acusou a Ucrânia de ter paralisado as negociações para um acordo de paz. “A liderança ucraniana faz declarações contraditórias o tempo inteiro. Isso não permite que nós compreendamos totalmente o que o lado ucraniano quer”, afirmou nesta sexta o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

Enquanto nas mesas de negociação o diálogo está parado, a Rússia segue atacando a Ucrânia, principalmente no Leste do país, onde já havia movimentos separatistas pró-russos antes da guerra.

O Sul

Nenhum comentário:

Postar um comentário