terça-feira, 12 de outubro de 2021

Moraes prorroga dois inquéritos que investigam Bolsonaro

 Ministro do STF estende por mais 90 dias investigações sobre milícias digitais e suposta interferência na Polícia Federal



O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu nesta segunda-feira (11) prorrogar por mais 90 dias o prazo de duas investigações que têm o presidente Jair Bolsonaro como um dos alvos. 

Um dos inquéritos é o que apura se o chefe do Executivo tentou interferir politicamente na Polícia Federal para beneficiar familiares e amigos. A investigação foi aberta em abril do passado após denúncias feitas pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro e já havia sido prorrogada três vezes.

O inquérito avalia se o presidente Jair Bolsonaro cometeu os crimes de falsidade ideológica, coação no curso do processo, advocacia administrativa, prevaricação, obstrução de Justiça e corrupção passiva privilegiada.

A prorrogação do inquérito aconteceu após Bolsonaro anunciar, na última quinta-feira (7), que vai prestar depoimento à Polícia Federal de forma presencial sobre o caso. A data da oitiva do presidente ainda não foi marcada, mas Moraes determinou que ela aconteça até 7 de novembro.

O depoimento do presidente deve ser a última etapa do inquérito. A investigação estava paralisada desde outubro do ano passado e aguardava justamente a versão do chefe do Executivo sobre o caso.

Milícias digitais

O outro inquérito prorrogado pelo ministro Alexandre de Moraes é sobre a suposta atuação de milícias digitais que teriam sido criadas com a finalidade de atentar contra a democracia e o Estado de Direito. Esses grupos, de acordo com Moraes, podem ter contado com o apoio de agentes públicos e parlamentares bolsonaristas.

Essa investigação foi aberta em julho deste ano e apura se apoiadores do presidente incentivaram ataques contra instituições pelas redes sociais e se eles contribuíram financeiramente com a atividade das supostas milícias digitais.

R7 e Correio do Povo


Após boa atuação, Inter deve dar mais oportunidades para jovem Matheus Cadorine


Paolo Guerrero pede rescisão antecipada e deve deixar o Inter


Grêmio libera instrumentos para torcida e vai subsidiar parte do preço dos ingressos na Arena


Grêmio decide dar respaldo para Thiago Gomes após negativas de Roger e Mano Menezes

Nenhum comentário:

Postar um comentário