segunda-feira, 27 de setembro de 2021

Social-democratas e conservadores alemães querem formar coalizão “antes do Natal”

 Partidos deverão se reunir para tratar sobre o governo pós-Merkel na terça-feira



Os social-democratas do SPD, ligeiramente à frente nas primeiras estimativas das eleições legislativas alemãs deste domingo, e os democrata-cristãos da CDU, que ficariam em segundo lugar, querem que a futura coalizão governamental seja formada "antes do Natal".

"A Alemanha tem a presidência do G7 em 2022", reforçou o líder conservador Armin Laschet, enquanto seu adversário, Olaf Scholz, considerou que "devemos fazer o que pudermos para que isso (a formação do governo) seja possível antes do Natal e um pouco antes também estaria bem".

Na Alemanha, o cargo de chefe de governo não é escolhido em eleição direta, mas através de uma votação na Bundestag, a Câmara baixa do Parlamento, depois que um partido ou coalizão conseguir as cadeiras necessárias para formar um governo. Por isso, Merkel poderá continuar à frente do Executivo durante semanas ou meses, de forma interina.

Nesta segunda-feira, após o pleito, os partidos terão reuniões de seus dirigentes. Além disso, os legisladores recém-eleitos de cada partido farão suas primeiras reuniões na próxima semana, enquanto o Partido Social-Democrata (SPD) e a união conservadora CDU-CSU pensam em se reunir na terça-feira.

O novo Parlamento deverá realizar sua sessão inaugural no máximo até 30 dias depois do pleito, em 26 de outubro.

AFP e Correio do Povo


Mulher é presa com mais de 4 quilos de MDMA ao desembarcar no Aeroporto Salgado Filho

Nenhum comentário:

Postar um comentário