sábado, 25 de setembro de 2021

Ministério aprova dose de reforço para profissionais de saúde

 O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. A recomendação é que se utilize a Pfizer para a dose reforço


O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou, nesta sexta-feira, a ampliação da dose de reforço para os profissionais de saúde. A Pfizer será usada nestes casos, de forma preferencial. Caso não haja disponibilidade, a AstraZeneca também é admitida pela pasta. Para receber essa aplicação adicional, valem as mesmas regras já aprovadas no caso de idosos e pessoas imunossuprimidas: é preciso ter pelo menos seis meses de diferença desde a segunda dose.

Como os profissionais de saúde foram incluídos no primeiro grupo a se imunizar, com início da campanha em janeiro de 2021, boa parte da categoria já pode procurar os postos para se vacinar.  No entanto, o Ministério da Saúde tem destacado a necessidade dos estados e municípios seguirem os cronogramas determinados a partir das notas técnicas que acompanham o envio de cada uma das remessas de vacinas. Nelas, a pasta detalha para qual público deve ser destinado os novos lotes.

Portanto, os entes federados ainda não receberam doses para a imunização de reforço dos profissionais de saúde. A previsão, segundo a pasta, é que essa nova remessa seja enviada já na próxima semana. A mensagem foi publicada por Queiroga pelas redes sociais. "Essa já é a maior campanha de vacinação da história do Brasil", disse o ministro. 


R7 e Correio do Povo


Sábado será de sol no RS


Na véspera de deixar Esqueletão, comerciantes relatam desamparo e futuro incerto


Auxílio emergencial gaúcho não deslancha


Nova geração Indy, Palou e Pato descartam favoritismo e exaltam disputas com veteranos consagrados


Castroneves exalta tradição em Long Beach e avalia como grande teste para 2022


Grêmio não deve pedir adiamento de jogos em caso de convocações de Borja e Villasanti


Edenilson festeja nova convocação para a seleção brasileira: "Sei como é difícil e valorizo muito"


Itamaraty informa Reino Unido sobre Covid na delegação brasileira


Importunação sexual: Lei completa três anos com mais de sete mil casos


Neto diz que avô foi amarrado em hospital da Prevent Senior


Polícia Federal flagra negociação ilícita de sete aves da fauna nativa em Passo Fundo


“O sonho da vida da Cristiane era ser jornalista”, diz tio da vítima


Um ano e meio após confirmar o primeiro óbito por Covid-19, RS tem 34,7 mil vítimas fatais


Edital do 5G tem total previsto de quase R$ 50 bilhões


Descaminho de vinhos argentinos é investigado pela Polícia Federal no Rio Grande do Sul



Yeda Crusius testa positivo para Covid-19


Com suspensão de Moisés, Paulo Victor receberá chance como titular no Inter contra o Bahia


Reuniões com lideranças vão definir futuro político de Sergio Moro


Mathias Villasanti é convocado pelo Paraguai e deve desfalcar Grêmio em três partidas


Governo britânico tenta acalmar a população ante escassez de combustível



STJD pune Brusque com a perda de 3 pontos pelo caso de racismo contra Celsinho



Pfizer aumenta anticorpos em vacinados com CoronaVac, indica estudo


Controladora de voo da tragédia da Chapecoense é presa no Mato Grosso do Sul


Intervenções no Viaduto Otávio Rocha recebem críticas em Porto Alegre


Prefeitura distribui armação de óculos para jovens com problemas de visão em Porto Alegre


Bottas fecha treinos livres na Rússia na frente em nova dobradinha da Mercedes


Grêmio faz as contas para sair do Z-4 no domingo


Daniel Alves anuncia que não fechará com nenhum clube em 2021


Estádios de SP poderão ter 30% da ocupação a partir em outubro


Edenilson é novamente convocado para a Seleção nas Eliminatórias da Copa do Mundo


Atacante Guerrero, do Inter, é convocado pela seleção do Peru para jogos das Eliminatórias



Controladora de voo da tragédia da Chapecoense é presa no Mato Grosso do Sul



Direção quer entregar a Aguirre um Inter renovado e mais forte em 2022


Clubes europeus lamentam que Fifa não faça consultas sobre Copa do Mundo bienal


Nenhum comentário:

Postar um comentário