quarta-feira, 22 de setembro de 2021

A Corte Europeia dos Direitos Humanos concluiu que o ex-agente da KGB Alexander Litvinenko foi assassinado em 2006 em Londres a mando do Presidente Vladimir Putin

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário