segunda-feira, 20 de julho de 2020

DECISÕES PROPOSITAIS




DECIDIR!
Certa vez, quando ainda lecionava administração financeira e controle orçamentário, no curso de ADMINISTRAÇÃO da UFRGS, um aluno me perguntou qual o grande e/ou principal DILEMA enfrentado por qualquer ADMINISTRADOR. Pois, a resposta para esta pergunta foi, e continua sendo, sempre a mesma: DECIDIR!

SUCESSO OU FRACASSO
As tarefas de -PLANEJAR, ORGANIZAR, DIRIGIR e CONTROLAR-, que cabem aos ADMINISTRADORES, exigem a tomada das mais variadas DECISÕES. Considerando que a tomada de DECISÃO é um ato que envolve -RISCO-, o sucesso ou o fracasso de quem está no comando é medido pelos resultados obtidos através das DECISÕES que são ou foram tomadas, tanto na administração do Setor Público quanto do setor Privado.

AVALIAÇÃO DAS ALTERNATIVAS
A tomada de DECISÕES se dá por um processo que inicia pelo diagnóstico da situação. A partir daí, depois da AVALIAÇÃO das ALTERNATIVAS disponíveis a questão finaliza através da OPÇÃO daquela que pode contribuir para a SOLUÇÃO DO PROBLEMA  e/ou da obtenção das MELHORES OPORTUNIDADES.

ADMINISTRADORES PÚBLICOS
Feitas estas importantes considerações, observem o que estão fazendo inúmeros ADMINISTRADORES PÚBLICOS, na condição de GOVERNADORES E PREFEITOS do nosso imenso Brasil. Todos foram eleitos para ADMINISTRAR seus Estados e Municípios e, por consequência, TOMAR DECISÕES que são exigidas no dia a dia do nosso complicado SETOR PÚBLICO.

FLAGRANTE E DOLOROSO FRACASSO
Como resido em Porto Alegre, capital do cada dia mais esquecido Estado do Rio Grande do Sul, vejo que diante da PANDEMIA, tanto o governador, Eduardo Leite, quanto o prefeito, Nelson Marchezan, na condição de ADMINISTRADORES PÚBLICOS, optaram por DECISÕES sem medo de errar, que têm como propósito a obtenção de um flagrante e doloroso FRACASSO ECONÔMICO E SOCIAL. 

SUCESSO DAS DECISÕES
Pela forma como tentam justificar as razões para TOMADA DE DECISÕES que sob todos os aspectos são consideradas como EQUIVOCADAS, chega-se a uma triste conclusão: ambos, obedecendo seus claros instintos DITATORIAIS, buscam o SUCESSO das DECISÕES que tomam através do suprimento da LIBERDADE e do estabelecimento de um verdadeiro CAOS ECONÔMICO, cujo rastro terrível está identificado na eliminação de empresas e empregos por todos os cantos. 



Pontocritico.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário